Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Você sabia que existem milhos multicoloridos? Google+

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Você sabia que existem milhos multicoloridos?



Estes grãos de milho multicoloridos, que mais parecem pérolas de vidro, são de verdade! Eles pertencem a uma variedade de grãos de milho chamada Glass Gem criadas por Carl Barnes, um agricultor que vive em Oklahoma.

Carl começou percebeu, um dia, que uma espiga de milho mostrou sinais de coloração anormal e brilhava muito. Carl Barnes, então, recolheu as sementes, guardou e, graças à sua habilidade fantástica de lidar com o milho com anos e anos de muito esforço meticuloso, fez nascer o Glass Gem.


Quando Carl Barnes aproximou-se da velhice, ele concedeu sua preciosa coleção de sementes e todo o processo de criação do milho Glass Gem ao seu amigo Greg Schoen. Em 2010, Greg decidiu-se mudar e determinou-se a encontrar alguém para armazenar e proteger as sementes para que as preciosidades não sofressem nenhum dano no processo da mudança.

Greg Schoen resolveu armazenar as sementes com a Seeds Trust, uma pequena empresa do Arizona. Com isso, Greggarantia uma colheita espetacular do milho Glass Gem criado por Barnes.


Curioso com o nome, Bill McDorman, dono da Seeds Trust, decidiu plantar algumas sementes em seu próprio jardim. O resultado fez com que Bill se surpreendesse com o resultado.

“Eu fiquei encantado! Nunca ninguém tinha visto um milho como este antes.” – disse McDorman para o Native Seeds, uma organização sem fins lucrativos que ele mesmo fundou para proteger e preservar o patrimônio agrícola dos nativos americanos.

Com o tempo, o resultado veio com espigas de milho multicoloridas. Quanto mais as cores se misturavam, mais e mais o milho exibia cores vibrantes. Cada vez que as variedades iam surgindo, Greg Schoen criava um nome: “circus colors”, “true rainbow”, “deep blue” e assim por diante.

A imagem do “Gless Gem”, nome original dado ao milho que nasceu verde-azul e rosa-roxo em 2007, tornou-se um viral na internet em 2012 e foi fundada uma página no Facebook.








Hoje, a organização vende as sementes do Gless Gem através do seu site por US$7,95 por pacote. Ao contrário do milho comum, o Glass Gem tem uma textura dura e pode ser usado para fazer farinha ou pipoca, porém, não é recomendado comê-lo na espiga ou mesmo fora dela.