Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Maio 2017 Google+

quarta-feira, 31 de maio de 2017

O desempenho das redes 4G pelo mundo


Resultado de imagem para internet 4g


A LTE continua sua expansão pelo mundo, e agora, chegando a novos países. A velocidade de download está se aproximando de 50 Mbps em países com 4G mais avançado, em contrapartida, a rede 3G está recuando em alguns locais. No último relatório global sobre LTE foram feitas 17 bilhões de medições coletadas de meio milhão de usuários do OpenSignal 4G.

Atualmente, a Coreia do Sul lidera os países do mundo em relação a disponibilidade de 4G. O país, inclusive, ultrapassou o Japão neste quesito. Os usuários do país podem se conectar a uma rede LTE 95,7% do tempo, tornando o serviço 4G praticamente tão presente quanto o 3G.

Em relação a velocidade, Cingapura aparece em primeiro lugar, com média de conexões de download de 45,9 Mbps.

Levando em consideração que a maioria dos países analisados conta com velocidade superior a de 20 Mbps, as conexões relativamente baixas de alguns países acabam derrubando a média global para 17,4 Mbps.

Confira abaixo o comparativo de disponibilidade de 4G no mundo:

Gráfico de disponibilidade de 4G pelo mundo


Velocidade de 4G

Quanto a velocidade da rede 4G nos países analisados, o estudo revelou que ela pode depender de muitos fatores: quanto foi dedicado a rede 4G, se foram adotadas novas tecnologias 4G, densidade das redes, entre outros fatores. De modo geral, os países com maiores velocidades foram os que mais criaram redes LTE-Advanced e ainda contam com uma grande quantidade de aparelhos compatíveis com LTE-Advanced.


Gráfico de velocidades 4G pelo mundo

Velocidade 4G X Disponibilidade 4G

O gráfico abaixo exibe um comparativo de velocidade 4G com disponibilidade de rede. Os países que aparecem mais no alto e para a direita possuem redes LTE rápidas. Já os países do lado inferior esquerdo estão no estágio inicial de lançamentos LTE.

Globo

No mapa abaixo é possível ver todos os países examinados no relatório. Os países que apresentam um melhor desempenho estão em azul mais escuro. Já os países que não fizeram parte da pesquisa estão em cinza.

LTE X WiFi

O gráfico abaixo compara a velocidade média de conexão de download das principais tecnologias de rede sem fio O 2G inclui conexões GSM e CDMA 1X, enquanto o 3G inclui conexões UMTS, HSPA e CDMA EV-DO. O OpenSignal define apenas 4G como tecnologias LTE.

Resultado

Como resultado, o OpenSignal constatou que a rede 4G ainda está em diferentes estágios de desenvolvimento no mundo todo, sendo uma força dominante. Em vários países as conexões 4G são mais comuns que as conexões 3G ou mesmo 2G. Para que a rede 4G tenha uma melhor velocidade é necessário que as operadoras também se empenhem para isso.


terça-feira, 30 de maio de 2017

Trump acusa Alemanha de prejudicar economia dos EUA

Trump canta o hino no cemitério nacional de Arlington, Virgínia. EFE

A primeira lei de Trump é: ataque sempre que puder. E a segunda: o faça pelo Twitter. Em 140 caracteres, o presidente dos Estados Unidos deu nesta terça-feira razão à histórica afirmação da chanceler alemã, Angela Merkel. Washington deixou de ser um aliado e a Europa deve começar a tomar as rédeas de seu futuro. Uma reflexão profunda que em Trump provocou esse tuíte: “Temos um déficit comercial ENORME com a Alemanha, além disso eles pagam MUITO MENOS do que deveriam à OTAN. Péssimo para os EUA. Isso vai mudar”.


We have a MASSIVE trade deficit with Germany, plus they pay FAR LESS than they should on NATO & military. Very bad for U.S. This will change

A resposta mostra claramente a ideologia da administração norte-americana. Já não existem interesses comuns acima dos nacionais. Uma questão que afeta todas as ramificações das relações multilaterais. Existem dúvidas sobre o acordo da mudança climática, a estratégia de defesa mútua do Ocidente dependerá do gasto feito por cada um e as alianças estão subordinadas ao benefício próprio, um elemento que na visão de Trump não pode estar dissociado do apoio às áreas afetadas pela globalização que lhe deram votos contra a democrata Hillary Clinton.

Nesse horizonte, o patriotismo econômico propugnado pelo presidente e seu estrategista chefe, Steve Bannon, tem na Alemanha seu alvo perfeito. A nação que ressurgiu das cinzas graças ao Plano Marshall observa agora como sua prosperidade traz à tona os piores humores de seu irmão transatlântico.

A Alemanha é o país com o maior superávit comercial do planeta (253 bilhões de euros (924 bilhões de reais) no ano passado). O número tira do sério Trump e seu conselheiro comercial, o ácido e extremista Peter Navarro. Para eles isso representa, mais do que o sucesso de um aliado, um fracasso próprio. Os EUA sofrem um déficit em sua balança de 470 bilhões de euros (1,7 trilhão de reais), [50 bilhões de euros (183 bilhões de reais) com a Alemanha]. Em seu ardor protecionista, Navarro chegou a acusar Berlim de forçar um euro fraco para favorecer suas exportações e ameaçou erguer barreiras fiscais aos produtos alemães.

Diante desse embate, Merkel mostrou os dentes e seu Governo insinuou que está disposto a empreender uma guerra comercial. O sangue não foi derramado, mas o desencanto não deixou de crescer. A visita da chanceler a Washington em março já antecipou esse congelamento. Merkel chegou com a ideia de que era “melhor falar um com o outro, do que um do outro”. Sob esse argumento, lembrou a longa amizade germano-norte-americana e os interesses comuns. De nada adiantou. A viagem terminou sem avanços e na retina do mundo só uma imagem ficou: Trump evitando (ou ao menos pareceu) cumprimentar a chanceler.

A primeira viagem ao exterior do presidente dos Estados Unidos não melhorou a relação. Pelo contrário, Trump foi ao estrangeiro para demonstrar que se encontra melhor em casa, exercendo o papel de grande patriota econômico. As reuniões da OTAN em Bruxelas e do G-7 em Taormina (Itália) materializaram essa separação. Como boa doutora em Física, Merkel descobriu a equação que resume a mudança: “Os tempos em que podíamos depender completamente de outros terminaram. Os europeus precisam lutar por seu próprio destino”.

Trump validou essa conclusão. Em seu esquematismo, em sua estocada de 140 caracteres, joga fora 70 anos de amizade. A Alemanha já não é um aliado fiel, mas um devedor que se aproveita das fraquezas norte-americanas. E ele, o presidente encarregado de evitá-lo e devolver o que foi perdido aos Estados Unidos. Ninguém ainda sabe como. Mas poucos duvidam de que será como Trump gosta: atacando sempre que puder.


Alerta: Criança em Perigo! Será???


Hannah é uma garotinha que já “tirou” fotos em lugares inusitados, como essa acima. Mas, se você acredita que isso seja loucura, na verdade,as fotos não passam de uma brincadeira de seu pai.

Ele faz montagens fotográficas no computador colocando a menina em situações perigosas por uma causa nobre: ele quer chamar atenção para a doação de medula óssea. Tudo começou quando Hannah passou os seus 6 primeiros meses de vida internada em um hospital esperando um transplante.


O usuário do site Reddit chamado Steec, de 32 anos, é o pai dela e sabendo do problema de sua filha, usou o Photoshop para deixá-la em situações de risco. Quando as pessoas veem as fotos, muitas pensam “Será que é isso mesmo?” As fotos eram para serem pessoais, mas elas acabaram ganhando grandes proporções.


De acordo com Steec, existem cerca de 27 milhões de pessoas cadastradas no banco mundial de doadores de medula óssea, mas apenas três delas tinham compatibilidade com sua filha. A doação que salvou Hanna foi realizada por uma mulher anônima da Alemanha.







Fontes: Jornal Ciencia e [ Twistedsifter ] [ Fotos: Reprodução / Twistedsifter ]

segunda-feira, 29 de maio de 2017

A população carioca grita por “Diretas já”

Protesto contra Temer em Copacabana neste domingo. JULIO CESAR GUIMARÃES - REUTERS

Grito por “Diretas já” toma a praia de Copacabana

Ato com show de Caetano Veloso e Criolo reúne no Rio milhares de pessoas, que pedem "Fora Temer".

A praia de Copacabana mudou de cores ontem, neste domingo. Cenário principal dos protestos anti-PT que ajudaram a derrubar a presidenta Dilma Rousseff, o calçadão, um dos mais famosos do mundo, acolheu milhares de pessoas sob a neblina e o lema "Fora Temer" e "Diretas Já". Convocado por sindicatos e partidos de esquerda, o ato, que começou às 11h da manhã, estendeu-se até a noite com performances de Caetano Veloso, Criolo, Milton Nascimento, Mano Brown e Maria Gadú, entre outros.

A manifestação foi um exercício de união das diferentes correntes da esquerda, que busca a ocupação das ruas e nomes além do ex- presidente Lula, líder da corrida eleitoral, segundo as pesquisas. Essas forças sabem que a pressão das ruas é a única forma de conseguir que o Parlamento não eleja o próximo presidente, no caso de uma destituição de Michel Temer. Fora algumas divergências, vários pontos em comum são inegociáveis para os manifestantes: Temer não pode continuar a ser o mandatário máximo da nação; o Congresso, com cerca de 60% dos seus deputados condenados ou investigados, não tem legitimidade para escolher um novo presidente; a luta não termina com uma eleição direta, mas com a derrubada das reformas liberais que dominam a agenda política em Brasília.

Os manifestantes defenderam também suas diferenças e, sobretudo, a preocupação pela falta de alternativas que lhes representem. O casal formado pela servidora pública Regina Rangel, 47, e o analista de sistemas Rogério Costa, 41, curtia junto o espetáculo, mas com apenas um lema em comum: "Fora Temer". Rogério está preocupado pelos efeitos que pode ter na credibilidade do Brasil um mudança da Constituição e preferiria "aguentar" um candidato não eleito pelo povo do que uma eleição direta, pois não saberia em quem votar. "Eu gostaria de ver a Joaquim Barbosa na eleição. É uma encruzilhada, porque eleição direta eu acho que não é a solução, mas indireta é ainda pior", diz. Sua mulher Regina, simpatizante do PT, concorda que chegar às eleições direitas pode ser um caminho de pedras, mas prefere as dificuldades a relegar a escolha ao Congresso. Se pudesse, ela votaria em Lula. "Não vejo como esses parlamentares corruptos podem eleger um presidente", afirma.

No caso de Temer deixar a presidência, seja via renúncia, cassação ou impeachment, a Constituição prevê que as eleições sejam feitas pelo colégio eleitoral (513 deputados e 81 senadores). Uma eleição direta depende de uma alteração da Constituição, alternativa já relatada em duas propostas que precisariam ser votadas pelo Congresso.

"Uma grande parte dos parlamentares que podem dirigir o rumo do país estão sendo investigados, qual a coerência disso?", questiona a produtora cultural Vera Schröeder, de 43 anos. "O movimento de Direitas Já é muito válido, muito mais do que o Parlamento escolher o novo presidente. O problema da falta de candidatos que nos representem, seja agora como em 2018, não é suficiente para não defender a eleição direita", completa a educadora Renata de Oliveira, 39.

Às 16h, o ator Wagner Moura apareceu como mestre de cerimônias e levantou o público, ao grito de "1, 2, 3, 4, 5.000, queremos escolher o presidente do Brasil", com Mano Brown, Pedro Luiz, Criolo, e Milton Nascimento na retaguarda do trio elétrico. "Esta não é uma festa da esquerda ou da direita", disse Moura antes de começarem as atuações artísticas da tarde, "é uma festa pela democracia".


sábado, 27 de maio de 2017

Mentiroso patológico, Já conheceu algum?



Alguma vez você já se comunicou com uma pessoa que parecia viver em um mundo de fantasia? Onde tudo parecia falso ou exagerado? Alguma vez você já teve uma experiência com uma pessoa que sempre parece misteriosa e nada que eles dizem nunca acontece?

Bem…. se assim for, você pode ter lidado com um sociopata, narcisista, ou mesmo um mentiroso patológico. Este artigo discutirá 6 características importantes que todos devemos estar cientes sobre mentirosos patológicos.

1- Saiba que um mentiroso patológico vai estudá-lo: O objetivo do mentiroso pode ser escondido, mas você pode contar com o fato de que eles não querem que você saiba a verdade. A fim de evadir alguém, você certamente precisa estudar a pessoa e examinar o que essa pessoa pode ou não acreditar. Os mentirosos, muitas vezes sociopatas, são conhecidos por “estudar” a pessoa que esperam aproveitar. Em outras palavras, eles buscam fraquezas.

2- Não se esqueça que o mentiroso carece de empatia: Tão difícil como é acreditar, é verdade. O mentiroso não tem qualquer consciência moral de como o comportamento mentiroso pode fazer você se sentir. O mentiroso não pensa antes de mentir: “Oh, é melhor eu não dizer isso ou eu poderia machucar essa pessoa ou enganá-los”. O mentiroso não se importa com seus sentimentos e nunca o fará. Uma pergunta que muitos pais fazem ao filho que mentiu é: Por que você não me diz a verdade? Por que isso é tão difícil? Por mais difícil que seja acreditar, não é fácil para o mentiroso divulgar a verdade. O mentiroso não tem a capacidade de considerar o que você pode sentir em resposta à sua mentira (que é a empatia).

3- As pessoas normais sentem-se culpadas e se sentem aliviadas quando mudam de assunto ou deixam de fazer perguntas. O mentiroso patológico não demonstra emoção ao mentir. Uma pessoa que está mentindo e tem níveis normais de empatia e preocupação com os outros, muitas vezes mostram alívio quando o tema em discussão é alterado. Por exemplo, se alguém lhe disser que cresceu em um campo de concentração e experimentou um monte de trauma como resultado, você faria perguntas sobre isso para entender melhor. Se você mudou o tópico no momento em que observou estresse ou ansiedade em resposta a suas perguntas, você veria a pessoa relaxar porque eles estão cientes das consequências de sua mentira. A maioria de nós vai relaxar quando os outros deixam de fazer muitas perguntas sobre um tópico que estamos mentindo sobre. Um mentiroso patológico não é perturbado. Você raramente verá emoção.

4- Todos os mentirosos não fazem as coisas comuns que pensam que os mentirosos fazem: Acredite ou não, os mentirosos nem sempre tocam o nariz, mudam de lugar nos seus lugares ou de um pé para o outro, ou até parecem sorrateiros quando mentem. Alguns mentirosos realmente experientes são bons em dar-lhe contato visual direto, parecendo relaxado ou descontraído e pode parecer muito sociável. Alguns sociopatas aprenderam a evadir pessoas com contato visual direto, sorrisos sociáveis e humor. Confie em seus instintos e discernimento. O que seus olhos dizem? O que seu comportamento ou riso lhe dizem?

5- Os mentirosos mais furtivos são manipuladores: uma vez ouvi alguém dizer “todos nós manipulamos”. Embora isso possa ser verdade até certo ponto, o mentiroso tende a manipular mais do que qualquer outra pessoa e aprendeu a se tornar um profissional ao fazê-lo . Não há nada impressionante sobre o manipulador perigoso ou mal. Eles sabem tudo a dizer e fazer, eles sabem o que você quer e não quer, e novamente, eles estudam você. Na verdade, muitos mentirosos patológicos e (sociopatas) usam excitação sexual ou emocional para distraí-lo da verdade. Proceder com cautela ao lidar com alguém que parece estar dirigindo sua atenção para você de tal forma a estimular sua excitação para distraí-lo. Essa excitação pode ser psicológica (atingindo seu interesse), emocional (fazendo com que você se sinta conectado a eles) ou sexual.

6- Mentirosos patológicos exibem comportamentos estranhos: Você pode se lembrar de como você se sentiu, talvez como uma criança ou adolescente, depois que você foi pego mentindo a um professor, um pai ou amigo? Você se sentiu culpado, triste ou com medo de que a outra pessoa não aceitasse mais você? Algumas pesquisas sugerem que os mentirosos patológicos não mostram nenhum desconforto quando pego mentindo, enquanto outros estudos sugerem que os mentirosos podem se tornar agressivos e irritados quando apanhados. A linha inferior é que nenhum mentiroso patológico é o mesmo. Esse tipo de pessoa e tóxica e chega a ser perigosa, esteja atento com essas dicas para identifica-los e não se prender emocionalmente a algo que so vai te fazer mal.

Fonte: Por Maria Laura – Londres para o http://www.destrinchando.com.br

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Top 10 dos Smartphones preferidos pelos usuários



De acordo com um relatório da American Customer Satisfaction Index, publicado na terça-feira (23), o iPhone SE é atualmente o celular que mais agrada os norte-americanos.

Em um questionário de satisfação de clientes, o aparelho da Apple alcançou 87 pontos dos 100 possíveis, o que determinou a sua primeira colocação. Na segunda posição aparece o iPhone 7 Plus e Galaxy S6 Edge Plus, ambos com 86 pontos.

iPhone SE no topo dos smartphones com maior satisfação

Na lista é possível perceber que os consumidores dos Estados Unidos preferem os aparelhos da Apple e também Samsung, já que eles dominam praticamente o top 10.

O estudo foi realizado durante 12 meses, baseado em 36,2 mil entrevistas. Ele foi concluído no mês passado.

Confira os 10 aparelhos escolhidos na pesquisa:

  1. iPhone SE– 87 pontos
  2. Galaxy S6 Edge Plus– 86 pontos
  3. iPhone 7 Plus– 86 pontos
  4. Galaxy S6 Edge– 85 pontos
  5. Galaxy S7– 84 pontos
  6. Galaxy S7 Edge– 84 pontos
  7. iPhone 6 Plus– 83 pontos
  8. iPhone 6S Plus– 83 pontos
  9. iPhone 7– 83 pontos
  10. Galaxy Note 5– 82 pontos
  11. iPhone SE
O iPhone SE foi lançado nos Estados Unidos em março de 2016. Após um mês de lançamento ele desembarcou no Brasil pelo valor de R$ 2.699 na versão mais barata, com 16 GB de memória, e R$ 2.999 com 64 GB.

Ele conta com tela de 4 polegadas, processador A9 de 64 bits e memória RAM de 2 GB. A câmera traseira é de 12 megapixels e lente com abertura de f/2.4.


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Ilustrações e Bordados de Cabelos em 2D


A artista e estilista Sheena Liam é de Los Angeles e borda imagens de mulheres criando o cabelo em 2D usando linhas. Os trabalhos têm como base os próprios aros, e os penteados criados pela artista variam entre tranças e rabos de cavalo.

O resultado é bastante elegante e criativo. Se quiser, acompanhe a artista através do Instagram @sheenaliam ;)

Veja a seguir alguns de suas encantadoras obras:










Presidente Trump é recebido com frieza pelo Papa Francisco

O presidente dos EUA, Donald Trump, e sua mulher, Melania, reúnem-se com o papa Francisco. FOTO ALESSANDRA TARANTINO / POOL EFE | VÍDEO REUTERS-QUALITY

Às 8h31 desta última quarta-feira (3h31 em Brasília), depois de meses de declarações cruzadas e mútuas alusões veladas, o papa Francisco e o presidente dos EUA, Donald Trump, se reuniram no Vaticano. O mandatário norte-americano chegou acompanhado de uma comitiva formada, entre outros, por sua esposa, Melania, sua filha, Ivanka, e seu genro Jared Kushner. Não se esperava grande sintonia, pois ambos se encontram em antípodas ideológicos. O semblante do Papa, sempre tão transparente, era de extrema seriedade. Ao final da reunião, em que a preservação ambiental e a paz estiveram na pauta através dos presentes trocados entre ambos, o ambiente era um pouco mais relaxado. "Não esquecerei sua mensagem", prometeu-lhe Trump na despedida.

Francisco o havia recebido minutos antes com um “encantado de conhecê-lo” e desculpando-se por não falar corretamente inglês. “É uma grande honra para mim”, respondeu Trump. O Pontífice não respondeu. Às 8h35 se sentaram à mesa da biblioteca privada e a porta se fechou, dando início a uma reunião que durou 27 minutos, com a ajuda de um intérprete – o Papa falou espanhol o tempo todo, e Trump, inglês. Havia certa tensão. Os dois líderes discordam em praticamente todas as grandes linhas de gestão empreendidas pelo novo Governo dos EUA: proteção ambiental, imigração, venda de armas, neoliberalismo... E não foi um encontro longo, especialmente levando-se em conta que Francisco dedicou 50 minutos ao antecessor de Trump na Casa Branca, Barack Obama, com quem mantinha uma grande sintonia.

Não se sabe qual foi o conteúdo da conversa desta quarta, mas, dada a grande distância de pensamento que existe entre ambos – o Papa, entre outras coisas, questionou a fé de Trump quando este anunciou que construiria um muro entre os EUA e o México –, e levando em conta o recente atentado de Manchester, supõe-se que eles terão tentado estender pontes através da ideia da paz e da luta contra o terrorismo.

De fato, entre os presentes que o Papa ofereceu a Trump ao final do encontro, um momento que ele costuma usar para salientar questões tratadas, encontra-se a mensagem que Francisco lançou no último dia das Jornadas Mundiais pela Paz e um medalhão com um ramo de oliveira gravado. “É uma medalha de um artista romano. É a oliveira, símbolo da paz”, disse o Papa ao término da reunião. Segundos depois, insistiu: “Eu o dou para que seja instrumento da paz”. Ao que Trump respondeu: “Necessitamos de paz”.

Além disso, o Pontífice entregou documentos que elaborou durante seu pontificado. A exortação apostólica Amoris Laetiia, o texto Evangelii Gaudium e sua poderosa encíclica sobre a ecologia, Laudato Se. “Sobre a cura da nossa casa comum, o meio ambiente”, salientou Francisco. “Lerei”, prometeu Trump, que deu de presente ao Pontífice uma caixa preta com livros de Martin Luther King.“É um presente para você, livros de Martin Luther King, acho que vai gostar… espero que sim”, disse.

A parte final do encontro, quando os dois mandatários receberam o resto da comitiva, foi muito mais descontraída. O encontro tinha começado com caras sérias – como a que o Papa dedicou ao presidente da Argentina, Mauricio Macri –e com um Trump um pouco incomodado nos segundos finais da espera para ser recebido. Mas a entrada de Ivanka e especialmente da primeira-dama Melania Trump clareou o ambiente. Ela, eslovena de influência católica (não é batizada), que viveu um tempo em Milão, fala um pouco de italiano e foi crucial para essa distensão, pediu ao Papa que lhe abençoasse um rosário. Além disso, brincou com o Pontífice sobre o que Trump come: “O que você dá para ele comer? Potizza?”, perguntou Francisco, em referência a um doce esloveno que ele aprecia muito e sempre encomenda quando encontra alguém dessa nacionalidade.

Durante sua breve visita ao Vaticano, o presidente dos EUA também se reuniu com o número dois da Santa Sé, cardeal Pietro Parolin, e com o secretário para as Relações com os Estados, uma espécie de ministro das Relações Exteriores, monsenhor Paul Gallagher. Essa reunião durou outros 50 minutos, mais do que o habitual. Um dado que leva a pensar que os assuntos discutidos anteriormente com o Papa foram tratados em profundidade, chegando a detalhes técnicos.

No comunicado oficial do Vaticano, de forma absolutamente genérica, comentam-se alguns dos assuntos abordados. “Manifestou-se o desejo de uma colaboração serena entre o Estado e a Igreja Católica nos Estados Unidos, comprometida no serviço à população nos campos da saúde, educação e assistência aos imigrantes. As conversas também permitiram um intercâmbio de pontos de vista sobre alguns temas relacionados à atualidade internacional e à promoção da paz no mundo, através da negociação política e o diálogo inter-religioso, com especial referência à situação no Oriente Médio e à tutela das comunidades cristãs.”


quarta-feira, 24 de maio de 2017

Novos ataques de Hackers podem vir em legendas de filmes




Um novo vetor de ataque hacker que utiliza arquivos de legenda para filmes foi descoberto ontem (23) pela equipe de pesquisadores da Check Point. De acordo com o relato, cibercriminosos podem desenvolver arquivos de legenda que exploram vulnerabilidades presentes nos reprodutores de vídeos mais populares, entre eles, VLC da VideoLAN, Kodi XBMC, Popcorn Time e Strem.io.

É estimado que os media players e os programas de streaming citados, juntos, estejam instalados em 200 milhões de computadores com a possível vulnerabilidade. Devido a isso, cibercriminosos podem ter controle total do computador infectado via acesso remoto.

Como o ataque funciona: assim que uma vítima faz o download de um arquivo de legenda malicioso, o media player não reconhece que se trata de uma ameaça e roda o arquivo normalmente. Ao explorar essa vulnerabilidade no media player, cibercriminosos podem ter controle total do computador infectado via acesso remoto. Dessa maneira, todos os dados da vítima estão expostos, como fotos, vídeos, textos e até senhas de redes sociais e de internet banking.

Vale notar que os quatro media players citados, VLC, Kodi XBMC, Popcorn Time e Strem.io, aceitam a inserção de legendas de terceiros, as quais são colocadas no programa pelo próprio usuário — então o usuário também precisa ficar atento aos downloads realizados, nota o The Hacker News.

De acordo com o Chek Point, a última versão do VLC já teve mais de 170 milhões de downloads. Já o Kodi possui cerca de 40 milhões de usuários únicos mensalmente, enquanto Popcorn Time e Stream.io, por terem um "escopo de trabalho mais ilegal", não divulgam os números.

Como o ataque acontece
E agora?

A equipe da Check Point foi responsável: ela não levou ao público exatamente como o exploit pode ser utilizado, pois a ideia é conter possíveis ações criminosas. As equipes de desenvolvimento dos programas já foram notificadas e estão corrigindo as vulnerabilidades.

Fique ligado em novas atualizações para os media players citados

Tudo isso significa que você não poderá mais baixar legendas? Não. Contudo, fique atento: não faça o download em sites não reconhecidos e, especificamente no Brasil, existem equipes de legendas que se dedicam exclusivamente ao trabalho de legendar filmes — e estão há anos nesse mercado. Como exemplo, temos o pessoal de Legendas.tv, Insanos, InSUBs, DarkSide etc.

Por isso, fique ligado em novas atualizações para os media players citados. Continue com um bom antivírus e não faça o download de legendas em sites "cinzas"; vá atrás de equipes experientes nesse setor.


Teorias para explicar 10 dos maiores mistérios da ciência

Resultado de imagem para universo


Uma das coisas mais interessantes do método científico é que tudo tem uma explicação, e as respostas “Porque é assim e pronto” ou “Porque alguma força superior assim deseja” não são válidas.

Muitas coisas podem não ser entendidas, mas elas não são ignoradas. Se algo está acontecendo é por algum motivo preciso e a comunidade científica vai descobrir, por mais complicado e demorado que seja.

Assim, a ciência está repleta de coisas que existem, mesmo a gente não sabendo como, por que, desde quando ou com qual propósito. Mas o que importa é que seguimos buscando as soluções.

Veja o top 10 de assuntos inexplicáveis para a ciência e as suas principais teorias.

10 – Cadê vocês??

Para começar algo simples que todo mundo já se questionou: Onde está todo mundo?


O universo é inimaginavelmente gigante (e está aumentando em uma velocidade incrível a cada milionésimo de segundo). Acredita-se que o universo observável (sim, tem muito mais - cerca de 90% - que não podemos ver) meça mais de 90 bilhões de anos luz de diâmetro...

Apenas para dar um gostinho do tamanho disso tudo. Somente a nossa galáxia, a Via Láctea, tem algo entre 100 e 400 bilhões de estrelas. Como você sabe, nosso sol é uma estrela, então não é de se espantar que esses bilhões de outras estrelas tenham seus trilhões de planetas em órbita. Ahh, lembre-se que estamos falando de 1 galáxia. Existem mais de 300 bilhões delas, cada uma com seus bilhões de estrelas e por aí vai...

Agora, pensando racionalmente, você tem de concordar que as chances de haver vida em outros planetas são infinitamente maiores do que as chances de estarmos sozinhos, certo? Existe até mesmo uma equação "pessimista" que reduz à casa dos milhões de planetas possíveis para a vida. No entanto, cadê todo mundo?

Não se trata de crença em extraterrestres e personagens holywoodianos, mas de números e estatísticas. Para tentar explicar essa contradição surgiu o famoso Paradoxo de Fermi (explicado em detalhe nesse post). Com uma série de teorias ele tenta explicar porque ainda não conseguimos encontrar nenhuma forma de vida na imensidão do universo.

Enquanto isso a ciência segue buscando.

9 – Por que dormimos?

Parece simples, mas não é. Até hoje a ciência ainda não conseguiu explicar por que dormimos, ou melhor, por que dormimos da maneira como dormimos.

Sabemos, claro, que o sono é fundamental para a saúde da maioria dos animais do planeta. É nesse momento que nós, humanos, reparamos danos ao nosso corpo e fazemos com que o cérebro se recupere das últimas horas em atividade. Mas o problema é a quantidade: Enquanto alguns animais precisam de poucas horas para se recuperar totalmente, nós precisamos de uma média de 8 horas diárias.

Caso você nunca tenha feito as contas, isso é 1 terço do dia, que vai dar 10 dias em 1 mês, 4 meses em 1 ano, ou, espante-se: 25 anos roncando em uma vida média de 75 anos.

Algumas teorias dizem que passamos a dormir mais quando nos tornamos o topo da cadeia alimentar. Sem predadores que pudessem nos matar enquanto descansamos, podemos nos dar ao luxo de boas horas de sono. No entanto a resposta está longe de ser definitiva. E ao que parece a melhor das hipóteses tem haver com o cérebro mesmo.

8 – Onde está o lítio?

Quando se discute sobre a origem do universo, lembramos de imediato da famosa teoria do Big Bang.

Pois bem, para que tudo se tornasse da maneira como conhecemos hoje precisamos de uma explosão capaz de elevar o recém-criado universo a uma temperatura inimaginável. Sabemos disso pois só com essas temperaturas incrivelmente altas é que poderíamos sintetizar elementos como hidrogênio, hélio e lítio.

Os 2 primeiros ainda estão por aí, em todos os locais, sendo, respectivamente o 1º e o 2º elementos mais abundantes do universo. Já o lítio é encontrado em uma proporção de apenas 1 terço do que deveria ser de acordo com a “lógica”.

Onde ele foi parar? Essa é a pergunta. As teorias vão desde partículas ainda não descobertas pela ciência até o núcleo de estrelas, onde o lítio estaria aprisionado sem que nós pudéssemos descobrir (ainda não sabemos ao certo o que tem no núcleo de uma estrela. Sim, olha outro mistério aí).


7 – Como a vida começou?

Falando em Big Bang, início do universo, criação dos elementos e tudo mais, outra questão é famosa: Como surgiu a vida aqui na Terra?

Sim, temos certeza que foi a partir de uma única célula que se replicou, multiplicou, evoluiu, cresceu, passou por adaptações, sofreu mutações, e, em alguns bilhões de anos.

Porém, como essa célula surgiu? Essa é a grande dúvida. E as hipóteses são variadas. A principal e mais aceita até o momento dá conta de que essa célula-mãe teria vindo junto de um corpo espacial que caiu aqui na Terra quando o Universo era muito mais movimentado do que atualmente e quando nosso planeta era bombardeado diariamente por coisas aleatórias caindo do céu.

As demais teorias vão desde o caldeirão de matérias primitivas de antigamente até raios, argila, etc. Para conferir estas hipóteses em maiores detalhes, confira nesse link

6 – Placas tectônicas?

Parece estranho, mas o movimento das placas tectônicas ainda não é totalmente compreendido pelas pessoas.

Placas subterrâneas que se movem, rearranjam continentes, erigem montanhas, desencadeia terremotos e atividades vulcânicas, entre outras coisas, na verdade, só é aceito como fato científico há pouco tempo.

Para piorar, a última grande contribuição para este campo foi na década de 60 quando a hipótese de que o chão do oceano estava se abrindo, rochas caindo lá dentro que então eram recicladas e expelidas novamente em forma de magma foi comprovada. De lá para cá nenhuma novidade.

E para piorar: ninguém explicou por que as placas estão se movendo e por que elas têm o formato que tem.


5 – Por que os animais migram?

Ok, talvez a pergunta acima esteja um pouco mal formulada, mas expliquemos: Sabemos que eles migram para evitar condições climáticas, como o frio congelante dos invernos, bem como para encontrar parceiros e buscar ambientes e condições agradáveis para a procriação. Porém, como eles sabem fazer isso?

Alguns migram - seja por água, terra ou ar - milhares de quilômetros em uma direção. Quando a temporada acaba eles não se abalam: é hora de retornar ao local de origem. E no ano seguinte adivinhem: tem mais. Tudo de novo.

O que se sabe é que alguns usam o campo magnético da Terra para isso, onde o próprio corpo funciona como uma espécie de compasso. Ainda assim os cientistas não sabem como eles vão exatamente para onde devem ir, ano após ano.

4 – Como a gravidade funciona?

Gravidade é uma coisa louca. Por causa dela a gente pode dar um salto e ter certeza que não vamos ficar subindo eternamente no céu. Quer ver outra coisa estranha sobre ela? A gravidade da lua acaba afetando nossas marés. Já a gravidade do sol faz com nosso planeta mantenha a mesma órbita e regula, por exemplo, as estações do ano.

A gente sabe o que ela causa e até como ela age, mas por que ela existe, isso já é uma outra história. Uma história bem misteriosa ainda. O que temos até o momento é que gravidade é gerada através da massa. Ou seja: quanto mais massa, mais gravidade e maior o campo gravitacional de um objeto.

Seria a gravidade um tipo de partícula? Uma força? Uma energia? Não se sabe. Na verdade avançamos pouco desde que Isaac Newton descobriu a mesma. 

E caso tenha se passado por sua cabeça, SIM, tudo tem gravidade, até mesmo você ou uma bolinha de ping-pong, acontece que com nossa massa insignificante ela é imperceptível.


3 – Por que existe mais matéria do que antimatéria?

Se o universo fosse tão simples quanto a gente gostaria uma coisa teria que ser certa: deveríamos ter a mesma quantidade de matéria e antimatéria, porém, não é isso que ocorre, nem de longe. E para falar a verdade, essa história não é nem um pouco simples.

De acordo com a física das partículas a matéria e a antimatéria são iguais, porém opostas. Assim elas deveriam se encontrar, se destruir e não deixar nada para trás, completando seu ciclo, sendo que a maioria desta destruição teria de ter ocorrido lá nos primórdios do universo.

Entretanto há muita matéria “sobrando” por aí. Matéria suficiente para a criação de bilhões de galáxias, estrelas, planetas e tudo mais. As explicações giram – por enquanto – em partículas com tempo de sobrevida diferenciado, o que estaria dando esse resultado improvável. Para piorar elas poderiam estar em um ciclo, oscilando entre ser uma partícula e uma antipartícula.

2 – Do que é feita a matéria negra?

Olhe ao redor, 80% de tudo o que você está vendo é feito de matéria negra. 80% de toda a massa do universo é feito dela. Mas o que é ela?

Bom, sabemos que é uma coisinha bem estranha: Teorizada há mais de 60 anos para explicar algumas particularidades da física teórica esta propriedade nem mesmo emite luz (daí o seu nome e de quebra porque é tão difícil detectá-la). Os cientistas imaginam que ela seja composta de materiais bastante frágeis que poderiam ser até 100 vezes mais pesados do que um próton e que não interage com nossos métodos atuais de detecção.

Para falar a verdade ainda não a comprovamos, mas temos certeza que existe, pois o comportamento de outras coisas no universo só é possível com esta queridinha. 

Assim seguimos sem saber o que realmente compõe este tipo de matéria: se axions, neutralinos, photinos ou outros nomes estranhos. Enquanto isso a matéria negra é composta em sua grande maioria de energia negra. Não sabe o que é? Passe para o próximo mistério da lista.

1 – Energia Negra

Parece nome de coisa saída diretamente do Star Wars, mas existe. A gente só não sabe bem porque, como e para que serve, mas ela existe.

A energia negra é considerada o maior mistério de todos. Enquanto a matéria escura está por aí constituindo 80% de toda a massa do universo, a energia escura, acredita-se, é responsável por até 70% do conteúdo do universo (e não só da massa, mas sim, de tudo).

A maior dúvida é: de que diabos a energia negra é feita? Será que ela é uma constante ou será que são flutuações que vão e vêm de acordo com o ponto do universo onde você a estiver observando? Por que ela – aparentemente – possui a mesma densidade da matéria convencional? E o “pior” de tudo: Como adaptar esse novo elemento à teoria da gravidade de Einsten? Será que ele estava errado esse tempo todo? Se essa última questão tiver um “sim” como resposta, muita coisa vai mudar...

Parece pouco? Apenas uma rápida implicação para finalizar: Segundo alguns astrônomos é por causa da energia escura que o universo se expande. Durma com essa.


E aí? Faltou algum outro grande mistério científico que não incluímos na lista? O que tem no centro de um buraco negro, por exemplo? Deixe um comentário 😉


terça-feira, 23 de maio de 2017

Curiosidades: A verdadeira história das notícias falsas

A imprensa amarela, de M. Slackens, em que se mostra W. Randolph Hearst como um bobo da corte que divulga notícias. Publicado por Keppler & Schwarzmann em 1910.  BIBLIOTECA DEL CONGRESO DE EE UU

Na longa história da desinformação, o surto atual de notícias falsas já ocupa um lugar especial, com uma assessora presidencial norte-americana, Kellyanne Conway, que chegou a sacar da manga um massacre em Kentucky para defender que se proibisse a entrada nos país de viajantes de sete países muçulmanos. Mas a invenção de verdades alternativas não é tão infrequente, e equivalentes às mensagens de texto e aos tuítes cheios de veneno de hoje podem ser encontrados em quase todos os períodos da história, inclusive na Antiguidade.

Procópio, o historiador bizantino do século VI, escreveu um livro cheio de histórias de veracidade duvidosa, História Secreta (Anedota no título original), que manteve em segredo até sua morte, para arruinar a reputação do imperador Justiniano, depois de ter mostrado adoração a ele em suas obras oficiais. Pietro Aretino tentou manipular a eleição do pontífice em 1522 escrevendo sonetos perversos sobre todos os candidatos menos o preferido por seus patronos, os Médicis, e os prendendo, para que todo mundo os admirasse, no busto de uma figura conhecida como Il Pasquino, perto da Piazza Navona, em Roma. Os pasquins se transformaram em um método habitual para difundir notícias desagradáveis, em sua maioria falsas, sobre personagens públicos.

Ainda que os pasquins nunca tenham desaparecido por complexo, no século XVII foram substituídos em grande parte por um gênero mais popular, o canard, a gazeta cheia de boatos e falsas notícias que circulou pelas ruas de Parisdurante os 200 anos seguintes. Os canards eram jornais impressos em tamanho grande, às vezes ilustrados com gravuras chamativas para atrair os mais crédulos. Um dos mais bem-sucedidos, na década de 1780, anunciou a captura no Chile de um monstro que, aparentemente, estava sendo transferido de barco para a Espanha. Tinha cabeça de fúria, asas de morcego, corpo gigantesco coberto de escamas e rabo de dragão.

A morte de Maria Antonieta é um exemplo das consequências desastrosas da difamação.

Durante a Revolução Francesa, os gravadores colocaram o rosto de Maria Antonieta nas placas de cobre e o canard ganhou nova vida, como propaganda política deliberadamente falsa. Apesar de não ser possível medir sua repercussão, desde cedo contribuiu para o ódio patológico que se sentia com relação à rainha, que desembocou em sua execução em 16 de outubro de 1793.

O Le Canard Enchaîné, um semanário parisiense especializado em revelações políticas exclusivas, hoje evoca essa tradição em seu próprio título, que poderia ser traduzido figuradamente como “os boatos controlados”. Recentemente publicou uma notícia sobre a mulher de François Fillon, o candidato de centro-direita que era o favorito na campanha presidencial da França. Segundo o jornal, Penelope Fillon tinha recebido um salário alto durante muitos anos por ser “ajudante parlamentar” de seu marido. Apesar de Fillon não ter dito que a notícia era falsa –reconheceu que contratou sua esposa e afirma que isso não é ilegal–, o chamado Penelopegate conseguiu tirar Donald Trump das primeiras páginas e seguramente destruiu as possibilidade de Fillon na eleição, em benefício da Frente Nacional, o mais parecido que existe na França com o presidente norte-americano.

Montagem tuitada em fevereiro pelo líder antimuçulmanos Geert Wilders que coloca um rival político, Alexander Pechtold, em uma manifestação na qual se pede a imposição da lei islâmica na Holanda. À direita a foto real, sem manipulação.

A produção de notícias falsas, semifalsas e verdadeiras mas comprometedoras teve seu apogeu na Londres do século XVIII, quando os jornais aumentaram sua circulação. Em 1788, a cidade tinha 10 jornais diários, 8 que saíam três vezes por semana e 9 semanários, e as notícias que publicavam costumavam consistir em apenas um parágrafo. Os “homens do parágrafo” se inteiravam das fofocas nos cafés, escreviam algumas frases em um papel e o levavam aos impressores, que eram também editores e que normalmente o incluíam no primeiro buraco que tivessem disponível em alguma coluna da pedra litográfica. Alguns gazeteiros recebiam dinheiro pelos parágrafos; outros se conformavam em manipular a opinião pública a favor ou contra uma personalidade, uma obra de teatro ou um livro.

Em 1772, o reverendo Henry Bate (capelão de Lord Lyttleton) fundou o The Morning Post, um jornal que era uma sucessão de parágrafos sobre notícias distintas, quase todas falsas. Em 13 de dezembro de 1784, por exemplo, esse jornal publicou um parágrafo sobre um prostituto que prestava seus serviços a Maria Antonieta: “A rainha francesa tem afeição pelos ingleses. De fato, a maioria de seus favoritos procede desse país; mas quem mais prefere é o senhor W. É sabido que esse cavalheiro tinha sua carteira vazia quando chegou a Paris e, no entanto, agora leva uma vida cheia de elegância, bom gosto e moda. Mantem suas carruagens, seus uniformes e sua mesa sem economizar gastos e com todo o esplendor”.


segunda-feira, 22 de maio de 2017

O Uber irá cobrar "o quanto você estiver disposto a pagar por uma corrida"



O Uber mudou a forma de mostrar preços no aplicativo em algumas cidades: em vez de visualizar uma estimativa do valor da corrida, você sabe exatamente o quanto vai pagar antes de chamar o motorista. Isso tem gerado algumas polêmicas: a tarifa dinâmica agora fica escondida e, recentemente, motoristas têm reclamado que recebem menos do que os passageiros estão pagando. Agora, o Uber está oficializando sua precificação complexa.

A empresa informa à Bloomberg que está lançando um sistema de preços baseado em rotas. É uma forma de cobrar mais de quem estiver disposto a pagar mais, ainda que o tempo e a distância da corrida, bem como o trânsito durante o caminho, sejam exatamente os mesmos. O esquema já estava sendo testado desde o ano passado.

A partir desta segunda-feira (22), em 14 cidades dos Estados Unidos, a empresa vai utilizar técnicas de aprendizagem de máquina para calcular quanto um passageiro está disposto a pagar por uma viagem em um determinado horário. Um fator de influência é o destino da corrida: uma pessoa indo para casa em um bairro mais rico da cidade pode pagar mais do que outra viajando para uma região mais pobre, por exemplo.

O histórico das viagens anteriores também conta na definição do preço, como informa o Engadget. Se um usuário costuma pagar mais por uma corrida individual de UberX, enquanto outro costuma fazer uma corrida compartilhada de UberPool mesmo tendo que esperar mais para chegar ao destino, isso significa que o primeiro normalmente está disposto a pagar mais.

Além disso, com a implantação do novo sistema, os motoristas vão deixar de receber exatamente o dinheiro que o passageiro pagou menos o desconto de 20% a 30% do Uber. A diferença entre o valor pago pelo passageiro e o recebido pelo motorista será embolsada pela empresa e utilizada para investir em motoristas para atender regiões de alta demanda.

Mas, no final das contas, a gente sabe por que o Uber está investindo tanto no sistema de precificação: a empresa ainda não é lucrativa (teve prejuízo de US$ 2,8 bilhões em 2016) e perde muito dinheiro ao mesmo tempo em que os motoristas reclamam de estarem ganhando pouco. A conta não está fechando. Os investidores deverão ficar mais satisfeitos com a notícia; resta saber se os usuários também.


As mais recentes tendências de Embalagens

Resultado de imagem para tendencia embalagens

Estudo da agência PackLab lista as tendências de embalagem para 2017. Segundo Guilherme Jardim, diretor da empresa, as tendências mostram sintonia com o comportamento do consumidor global, em busca de embalagens visualmente agradáveis, com mensagens eficientes e formatos inovadores.

1) Simples, arrojado e honesto

A simplicidade dos gráficos, com foco em comunicar uma mensagem clara e honesta, é uma tendência. Como as pessoas passam cada vez menos tempo comprando nos supermercados, o design precisa ser mais funcional, com comunicação clara e focado no essencial: ajudar o consumidor a fazer uma boa escolha de compra.

2) Cores fortes e vibrantes

As marcas têm explorado cada vez mais cores fortes e vibrantes, para gerar não apenas impacto na prateleira como para segmentar produtos em categorias específicas dentro de uma mesma marca. A cor tem um efeito psicológico, ajuda o consumidor a não só identificar, mas também lembrar dos produtos favoritos. Quanto mais vibrante, mais fácil de lembrar.

3) Detalhes

Os clientes gostam de ser surpreendidos com detalhes legais e inteligentes, que os ajudam a se conectar emocionalmente com a marca, do momento da compra a suas casas. Os detalhes são mais comuns em embalagens premium, mas serão vistos cada vez mais em embalagens de produtos “comuns”.

4) Letras customizadas

A escrita à mão é uma grande tendência no design mundial, não só na embalagem. A ideia de algo artesanal que ela transmite é uma boa ferramenta para diferenciar e agregar valor.

5) Inspiração vintage

O sentimento de nostalgia guia esta tendência, que procura usar elementos que ativam memórias antigas. Ao mesmo tempo, desperta curiosidade nos novos consumidores. A estética do passado é uma tendência que veremos em 2017.

6) História, nostalgia e herança

Marcas tradicionais, com muitos anos de história, devem criar designs que remontem às suas raízes, recuperando-as e trazendo-as ao presente. Sempre com orgulho do que foi construído e do legado deixado por ela.

7) Uso de ilustrações e padrões
Ilustrações e padrões são boas ferramentas para contar uma história e criar um relacionamento emocional com os consumidores. Também são excelentes para atrair a atenção, promover os produtos na prateleira e criar conhecimento de marca.

8) Novos cortes

A apresentação de embalagens com novos cortes também será uma tendência, com diferentes formas e janelas para mostrar os produtos. A embalagem customizada é ótima para as marcas por conta da relevância em como se sentem e se parecem.

9) Abordagem eco-friendly

As embalagens inseridas no contexto de sustentabilidade continuarão como uma tendência, com as marcas se esforçando para usar materiais de fontes renováveis e/ou recicláveis, além de reduzir excessos. Elas também estimulam a reciclagem, o uso responsável de materiais e posicionam a empresa como preocupada com as questões ambientais.

Fontes: http://www.abre.org.br e Seafood Brasil

domingo, 21 de maio de 2017

Black Friday o ano todo




Conseguir comprar mais barato pela internet não é fácil. Muitas lojas anunciam descontos, que na verdade são ofertas falsas, custando a metade do dobro (prática comum na Black Friday). E depois de encontrar o melhor preço, você ainda tem que pesquisar por cupons de desconto – às vezes o produto da loja mais cara pode ser o mais em conta, depende do desconto que você descola com um bom cupom.

A boa notícia é que existe uma forma de automatizar todo esse processo, utilizando uma extensão desenvolvida pelo pessoal do Tecnoblog para Google Chrome. Ela é uma ferramenta completa, com histórico de preços e preços exclusivos que nós negociamos com as lojas para vocês.

Funciona da seguinte forma:


Testador de Cupons: Testa milhares de cupons de desconto e aplica automaticamente no carrinho de compras. São mais de 200 lojas monitoradas!


Histórico de Preços: Como eles monitoram centenas de lojas, conseguem te falar se o produto em questão está barato, ou se está custando a “metade do dobro”, prática que é comum em datas específicas do e-commerce.


 
Como funciona?

O funcionamento da extensão é 100% automatizado. Primeiro você instala ela no seu navegador, depois acessa a página do produto que você quer comprar. Nesse passo a nossa barrinha vai aparecer no topo da página, te informando se aquele produto já esteve mais barato naquela loja, ou se está com um preço bom. Para ver o gráfico com o histórico de preços é só clicar na barrinha.

Depois que você escolheu os produtos que vai comprar, é só adicionar todos ao carrinho de compras e seguir para o ckeckout (conclusão do pedido). Na última tela (antes de adicionar as informações de pagamento) o Testador de Cupons da extensão vai aparecer e testar automaticamente vários cupons de desconto no seu carrinho.

Muitas vezes as lojas criam cupons promocionais, mas eles ficam espalhados pela internet. A gente coleta esses cupons e testa automaticamente no seu carrinho de compras, para você comprar com o melhor preço.
Em quais lojas vou conseguir desconto?

Atualmente eles trabalham com cerca de 400 lojas. Como falei ali em cima, quem oferece os descontos são as lojas, a galera do Tecnoblog só coleta todos eles, negocia alguns exclusivos e disponibiliza para todos os usuários da extensão.

Entre as principais lojas estão: Submarino, Americanas, AliExpress, Adidas, Azul, Bebê Store, Casas Bahia, Centauro, DealeXtreme, Extra, Fast Shop, Gol, Hotel Urbano, Latam, Lojas Colombo, Lojas KD, Mobly, Netshoes, Nike Store, O Boticário, Ponto Frio, Ricardo Eletro, Saraiva, Tam, Walmart, etc.

Algumas ofertas surgem apenas em datas especiais, como: Black Friday, Cyber Monday, Natal, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia das Crianças, etc. De qualquer forma, utilizando a extensão do Tecnoblog, você tem a garantia de conseguir a melhor oferta.
Quanto custa?

Nada! A extensão é completamente grátis. Quem dá os descontos são as próprias lojas, eles só os organizam e aplicam automaticamente.

O que é extensão? É seguro?

Extensão é um complemento que você pode instalar no seu navegador de internet. A extensão está disponível para download direto do diretório do Google. Ou seja, existe uma garantia que é completamente seguro de usar.

É difícil de usar?

Ela funciona de forma automática. Você só precisa instalar e o Tecnoblog faz todo o trabalho duro por você. Desde avisar se o produto está com um preço bom, até aplicar os descontos no seu carrinho de compras.


Para instalar a extensão: clique aqui!