Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Junho 2015 Google+

terça-feira, 30 de junho de 2015

Campanha da British Airways e o Outdoor que identifica os aviões

Um painel digital que mostra em tempo real qual avião da companhia está sobrevoando você! Confira no vídeo abaixo:


“Olhe pra cima” (Look Up) é o nome da campanha que convida pessoas em Londres a olharem pro céu e descobrirem qual é aquele avião que está voando por cima do painel digital da British Airways.

Instalado no oeste da cidade britânica, o painel que fica a caminho de Heathrow (o maior aeroporto da Europa), mostra em tempo real quando um avião da companhia sobrevoa aquela área, dizendo qual é o número do voo e de onde ele vem.



Em breve um outro painel será instalado no famoso e cobiçado espaço publicitário da Picadilly Circus, no centro da cidade. A criação é da Ogilvy UK.





Como funciona o reconhecimento facial do Facebook

É interessante a precisão do reconhecimento facial nas fotos do Facebook...


A marcação sugerida não é aleatória; está totalmente ligada a um software bastante inteligente. O programa usado pelo Facebook transforma as fotos em dados computacionais que são analisados e comparados eletronicamente com sua base de dados. Graficamente, nosso rosto é composto por muitos pontos e medidas, como o comprimento da linha da mandíbula, tamanho do crânio, distância entre os olhos, largura do nariz, entre outros. Veja o vídeo:


A marcação automática não é infalível. Algumas características podem atrapalhar, como óculos, chapéus, barba e cabelos diferentes podem influenciar na precisão do programa. O Facebook divulgou que está trabalhando em um software de reconhecimento facial chamado DeepFace. De acordo com a empresa, ele é tão bom quanto o desempenho humano, com um índice de 97,25% de acertos. Isso seria possível porque o aplicativo seria capaz de corrigir a posição dos rostos e também os mapearia em 3D, para aumentar a precisão.

Fonte: http://www.designergh.com.br - Vídeo do Olhar Digital

30 de Junho - Dia do Caminhoneiro

Oficialmente, 30 de junho é o Dia do Caminhoneiro. Muita gente, contudo, comemora em 25 de julho, Dia do Motorista. Outros considerem o dia de São Cristóvão (padroeiro dos motoristas) como a data mais adequada para comemorar o dia da profissão. A comemoração foi criada para homenagear esses profissionais que passam longo tempo nas estradas do nosso país.

Os caminhoneiros são engrenagens fundamentais no sistema econômico do país, já que grande parte do transporte de carga, especialmente a produção agrícola, é feita pelas rodovias. Pelas estradas brasileiras trafegam cerca de dois milhões de caminhoneiros, que transportam 60% da carga movimentada no Brasil.

Ninguém conhece as estradas do nosso país melhor do que eles. Entretanto, embora muitos tenham uma ideia equivocada da profissão, ser caminhoneiro não é apenas pegar um caminhão e sair dirigindo pelas estradas, cada tipo de caminhão, bem como cada tipo de carga, requer certo tipo de habilidade específica. É essa habilidade que faz toda a diferença no resultado do transporte. Além disso, o caminhoneiro é um profissional que passa muito tempo longe de sua casa e de sua família. Portanto, merecem e muito serem homenageados por seu duro e por vezes, sacrificado oficio.


segunda-feira, 29 de junho de 2015

29 de Junho - Dia do Pescador

O Dia do Pescador é comemorado em 29 de junho, data em que é comemorado também o Dia de São Pedro, apóstolo pescador e padroeiro dos pescadores. Este santo representa para os mesmos, proteção e boa pesca.

Os pescadores que vivem de sua própria produção são bastante comuns no Brasil. No entanto, a subsistência destes trabalhadores pode estar ameaçada pela poluição das águas e pela pesca esportiva de pessoas que, sem licença e sem consciência ambiental, pescam quantidades superiores à permitida.

Com isso, percebe-se o quanto o equilíbrio da natureza é importante, não só para a economia pesqueira, como para todos que dependem ou não dela.

Pescaria - No que diz respeito à economia, existem dois tipos de pesca: a artesanal, exercida pelo proprietário do meio de produção, sozinho, em parceria ou sociedade, e a empresarial, que contrata terceiros e geralmente é feita em embarcações. A primeira é responsável pelo abastecimento do mercado interno e a segunda é voltada a processos industriais e à exportação.

Já no que diz respeito aos locais de pesca, existem as pescas em locais fechados e ao ar livre. A pesca em locais fechados, como os clubes e parques próprios, tem regras específicas. A pesca ao ar livre exige um documento: a licença de pescador amador, que obriga o mesmo a pescar somente com isca natural ou artificial e estabelece um limite de captura e um tamanho mínimo. Quem é pego pela fiscalização pescando sem a carteirinha tem que pagar uma multa de R$ 41,00 por quilo.

A fiscalização da pesca é realizada pela Fundação Estadual de Engenharia do Meio Ambiente -Feema, pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - Ibama, por policiais florestais e Organizações Não Governamentais -ONGs. A fiscalização serve também para evitar que se pesque na época da piracema, período de reprodução dos peixes.

Fonte: UFGNet


29 de Junho - Dia do Dublador

A dublagem é o processo de gravação e substituição de vozes em um produto de cinema ou televisão de produção após seu lançamento original. O termo geralmente referindo-se a substituição do diálogo falado pelos atores em uma linguagem de outros diálogos idênticos original na outra língua.

A dublagem também é descrito como o processo de reescrever linhas de diálogo falado por um "ator" na produção original, e deve ser substituído para melhorar a qualidade de áudio ou refletir as mudanças de diálogo. A música também é dobrada em um filme após a edição estiver completa. Filmes, vídeos e, por vezes, os jogos de vídeo são dublados no idioma local para o mercado externo. Dublagem é comum em filmes lançados nos cinemas, programas de TV, desenhos animados e anime como dada a sua distribuição externa.

Dia do Dublador 
O interior e o exterior da sala de gravação em estúdio de dublagem de voz.
Crítica e defesa da dublagem
A dublagem tem muitos detratores, especialmente em países onde esta prática não é comum. Os opositores da prática argumentam que desvaloriza filmes ou programas de televisão. Em alguns casos, a dublagem pode tornar o filme menos autêntico. Em casos de má qualidade a sincronização dos movimentos dos lábios dos personagens quando se fala se perdem.

A dublagem que mantêm legenda no subtítulo há uma redução significativa do texto original e confunde o observador, uma vez que não pode ser totalmente envolvido com a imagem do filme a ser declive legendados , e existem várias pessoas que não sabem ler legendas e até mesmo pessoas saudáveis que, por problemas de visão ou a idade, a legenda se torna um problema.

Em muitos países da Europa, algumas pessoas afirmam que a tradução criativa (não necessariamente fiel às palavras Inglês originais) pode ou não trazer mais diversão para os filmes mas esquecendo o verdadeiro significado da tradução. Na Hungria, é comum para os tradutores que o texto húngaro rime em seriados e desenhos animados com renomados artistas locais, que fornecem as vozes para ler. O exemplo mais famoso é talvez o da série de animação “Os Flintstones”, com todo o seu texto húngaro em rimas.

Referências

1. ? Jorge Diaz Cintas, Teoria e prática da legendagem. Inglês-Espanhol. , Barcelona: Ariel, 2003, p. 67
Fonte: es.wikipedia.org

29 de Junho - Dia de São Pedro

Pedro é outro santo que nasceu com nome diferente. Chamava-se Simão, ou Simeão.

Nascido em um vilarejo pagão na Galiléia, levou a vida como pescador na cidade de Carfanaum, até que, junto com seu irmão André, foi convocado por João Evangelista para fazer parte do grupo mais próximo de seguidores de Jesus Cristo.

Simão era um dos apóstolos preferidos de Cristo, que admirava sua liderança firme e lhe deu o nome de Pedro (Petrus), que significa pedra, rocha. Justificando isso, Jesus teria dito: "És Pedro!

E sobre esta rocha construirei minha Igreja".

Dizem que Pedro viveu muitos anos após a morte de Jesus Cristo, dedicando sua vida à pregação das palavras de seu mestre pelo Império Romano, tanto na Palestina quanto em Antióquia. Por esse motivo e por sua proximidade com Cristo, ele é considerado fundador da Igreja Católica Romana.

Contam algumas versões que Pedro foi executado em Roma quando tinha 64 anos.

Porteiro do céu

O povo vê São Pedro como o "porteiro do céu", o manda-chuva e o padroeiro dos pescadores. A presença dele na tradição oral portuguesa e brasileira é constante.

Quando começa a trovejar, as crianças sempre ouvem dizer que "é a barriga de São Pedro que está roncando" ou que "São Pedro está mudando os móveis do céu de lugar".

E, quando chove mesmo, "é São Pedro que está lavando o chão do céu".

Na Bahia e em comunidades pesqueiras do Ceará, São Pedro é comemorado em alto-mar, com uma procissão em meio às ondas. No cortejo em frágeis jangadas artesanais, os fiéis pedem proteção aos céus.

A imagem do santo, que também é pescador, é colocada em um andor e vai navegando pelo litoral. Depois do cortejo, os pescadores participam de uma missa campal na beira da praia.

Fonte: www.procampus.com.br

sábado, 27 de junho de 2015

27 de Junho - Dia Nacional do Vôlei

O voleibol , é um esporte onde duas equipes se enfrentam em um campo liso separados por uma rede central, tentando passar a bola por cima da rede no terreno dos adversários. A bola pode ser tocada ou conduzida com tiros certeiros, mas não pode ser interrompido, realizada, retido ou acompanhado. Cada equipe tem um número limitado de acessos a devolver a bola para o campo oposto. Normalmente, a bola é batida com as mãos e os braços, mas também com qualquer outra parte do corpo. Uma das características mais peculiares do voleibol é que os jogadores tem que rodar suas posições quanto eles ganham pontos.
Existem várias formas. Com o nome de "vôlei", identifica o modo que é jogado em pista coberta, mas também é muito popular vôlei de praia é jogado na areia. O voleibol sentado é uma variação com o aumento da popularidade entre os esportes para deficientes físicos.
O voleibol é um esporte onde uma maior paridade entre as competições masculinas e femininas, tanto pelo nível de competição por popularidade, presença na mídia e seguindo computadores públicos.

Campo de jogo e equipamentos

O campo de jogo
O campo de jogo, é um retângulo medindo 18 m de comprimento e 9 metros de largura, divididos em sua linha central através de uma rede que separa as duas equipes. Na verdade, o jogo também está do lado de fora, na zona livre , desde que a bola não toque o solo ou qualquer outro item. A zona livre deve ser de pelo menos 3 m mínimo em competições internacionais é aumentado para 5 m nas linhas laterais e 8 m para as linhas de fundo. O espaço livre na pista deve ter uma altura mínima de 7 m em competições internacionais até 12,5 m.
A 3 m da rede, uma linha em cada campo define a zona de strike , zona restrita onde as ações dos jogadores que estão atualmente em funções defensivas. Essas linhas se estendem para fora do campo com linhas tracejadas, e limitando projetos que representam igualmente em toda a linha, mesmo para além das linhas desenhadas. Todas as linhas têm 5 cm de largura.
O contato com o solo jogadores é contínua, geralmente usando proteção articular.
Dia Nacional do Vôlei
Rede
No centro do campo encontra-se uma rede de 1 m de largura e 9,5 até 10 m de comprimento, com duas bandas na parte superior e inferior e duas hastes verticais salientes sobre a linha do campo. A borda superior da rede, as hastes e o telhado do pavilhão em si definem o espaço através do qual a passagem da bola para o campo oposto.
A parte superior da altura do líquido pode variar em diferentes categorias, sendo nas categorias adultas de 2,43 m a 2,24 m, para homens e mulheres.
A bola
A bola é esférica e flexível; 65-67 cm de circunferência, 260-280 g de peso e pressão entre 0,300 e 0,325 kg / cm ² interiores. Ele é menor e mais leve do que as bolas de basquete ou futebol . Pode ser feito a partir de vários materiais, mas a mais conveniente e o couro é usado. Bolas de plástico, ocasionalmente, pode ser usado na prática.
Vestuário
Como no tênis, jogadores de vôlei usam durante o jogo, a camisa de jogo, calção, meias, sapatos e joelheiras. Como ocorre o contato contínuo com o solo, carregam também proteções nos joelhos e cotovelos.

Regras básicas

Ponto é alcançado quando a equipe adversária comete uma das seguintes infrações ou delitos:
• Se a bola toca o solo dentro do próprio campo, se o último toque corresponde a uma próprio jogador como um das equipe adversária.
• Se a bola fora da pista, ou por um ataque equivocado na quadra do adversário ou por um erro na tentativa de defender. Falta corresponde ao jogador e a equipe que tocou por último na bola uma vez e observe o ponto contrário. É considerado fora de contato com o telhado, público ou qualquer elemento do pavilhão, ou as mesmas faculdades. O contacto com o líquido, postes ou varetas no lado de fora das bandas laterais é também para fora.
• Se você exceder o número de três hits permitidos sem ter ido para o campo oposto, ou se um jogador joga duas vezes consecutivas na bola. Como exceção, deve tocar o bloqueio , que o primeiro contato não é responsável pela falta dos quatro acessos para a equipe ou dupla de solteiro.
• Se, no momento de retrocesso jogadores estão posicionados corretamente, isto é, que não é ajustada à rotação em conformidade.
• Se o toque de bola é errado e não há retenção ou acompanhamento (double, neste caso).
• Se um jogador defensor ataca além da linha de ataque. O libero não pode participar em qualquer forma na fechadura e restringiu o ataque, como já se viu.
• Se um jogador entra no campo do adversário por baixo da rede interferindo na quadra do adversário, ou se tem um pé cruzado completamente a linha central.
• Obstrução contrariamente rede de jogar ou tocar a faixa superior ou no topo das hastes de jogar a bola. Contacto é permitida, desde que a rede não interfere com o jogo.
• A recepção é feita com os dedos em falta (contato duplo).

Referências

1. ? Dicionário Pan-Hispânico de Dúvidas: voleibol
2. ? Regras Oficiais de Voleibol 2010 ( Inglês )
Fonte: es.wikipedia.org

27 de Junho - Dia do Diabético

O que é diabetes


Os alimentos sofrem digestão no intestino e se transformam em açúcar, chamada glicose que é absorvida para o sangue. A glicose no sangue é usada pelos tecidos como energia. 
A utilização da glicose depende da presença de insulina, uma substancia produzida nas células do pâncreas. Quando a glicose não é bem utilizada pelo organismo ela se eleva no sangue o que chamamos de HIPERGLICEMIA. Diabetes é a elevação da Glicose no sangue: HIPERGLICEMIA.

Sintomas de Diabetes

Aproximadamente metade dos portadores de diabetes tipo 2 desconhecem sua condição, uma vez que a doença é pouco sintomática. O diagnostico precoce do diabetes é importante pois o tratamento evita sua complicações.
Quando presentes os sintomas mais comuns são:
1. Urinar excessivamente, inclusive acordar varias vezes a noite para urinar.
2. Sede excessiva.
3. Aumento do apetite.
4. Perda de peso – Em pessoas obesas a perda de peso ocorre mesmo estando comendo de maneira excessiva.
5. Cansaço.
6. Vista embaçada ou turvação visual
7. Infecções frequentes, sendo as mais comuns, as infecções de pele.

No diabetes tipo 2 estes sintomas quando presentes se instalam de maneira gradativa e muitas vezes podem não ser percebidos pelas pessoas. Ao contrário no diabetes tipo 1 os sintomas se instalam rapidamente, especialmente, urinar de maneira excessiva, sede excessiva e emagrecimento. Quando o diagnostico não é feito aos primeiros sintomas os portadores de diabetes tipo 1, podem até entrarem em coma, ou seja perderem a consciência, uma situação de emergência e grave.
Quaisquer que sejam os sintomas, um médico deve ser procurado imediatamente para realização de exames que esclarecerão o diagnostico.
Quem pode ter diabetes

A maioria, próximo a 90% dos portadores de diabetes, é do tipo 2, pouco sintomática podendo passar despercebida e retardar portanto o diagnostico o tratamento e favorecer a ocorrência de complicações. A presença de uma ou mais das seguintes condições sugerem a possibilidade da presença de diabetes:

1. Familiares próximos portadores de diabetes.
2. Idade maior que 45 anos
3. Excesso de peso ou obesidade
4. Pressão Alta
5. Colesterol elevado
6. Mulheres com antecedentes de filhos nascido com mais de 4.0 Kg.
Fonte: www.diabetes.org.br

sexta-feira, 26 de junho de 2015

A belíssima e sensualíssima fotografia de John Farrar

John Farrar é um jornalista britânico e fotógrafo que atualmente vive em Brighton, na costa sul da Inglaterra. Ele é especializada em Beleza e Fotografia. Sem dúvida ele é um artista inovador e extremamente criativo. Podemos comprovar isto por meio de sua bela fotografia de moda. Confiram e pasmem!
























26 de Junho - Dia Internacional de Combate às Drogas

Em 1987, a Organização das Nações Unidas (ONU) determinou 26 de junho como o Dia Internacional de Combate às Drogas. A primeira conferência sobre o assunto foi convocada pela ONU em fevereiro de 1990, firmando de 1991 a 2000 como anos internacionais de combate às drogas.


Em 1997 a ONU criou o Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês) com o objetivo de prestar cooperação técnica aos países-membros para reduzir os problemas na área de saúde (como o HIV) e social (como a violência) que tenham relação direta ou indireta com drogas ilícitas e o crime. A cada ano, no mês de junho, o UNODC prepara uma campanha internacional de prevenção a drogas, visando contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dos países ao promover justiça, segurança, saúde e direitos humanos.

As drogas já se tornaram um mal social em todo mundo. No Brasil, os dados são particularmente alarmantes. De acordo com o mais recente estudo apresentado pela ONU, a proporção da população brasileira que consome cocaína cresceu de 0,4%, em 2001, para 0,7%, em 2005. Em 2001, 1% dos brasileiros entre 15 e 65 anos consumia a droga. O índice subiu para 2,6% em 2005. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o mundo tem pelo menos 200 milhões de consumidores de drogas, dos quais 40 milhões são dependentes.

Fonte: http://www.unodc.org/brazil/
Imagem: Photodisc/Getty Images

26 de Junho - Dia do Metrologista

O Comitê Internacional de Pesos e Medidas declarou o dia 20 de maio como o Dia Mundial da Metrologia (World Metrology Day).


Isto porque nessa data se comemora a assinatura da Convenção do Metro, ocorrida em maio de 1875. Naquela época, 17 países assinaram a convenção, entre eles, o Brasil.

Em nosso país, comemora-se no dia 26 de junho o Dia do Metrologista, para lembrar a data em que o Sistema Métrico Decimal, oriundo da França e precursor do atual Sistema Internacional de Unidades (SI), foi oficializado no Brasil através da Lei 1.175, assinada pelo Imperador D. Pedro II.

METROLOGIA INTERNACIONAL

Em uma época mais remota, diversas unidades de medida conviviam entre si, variando de país a país ou, o que é pior, mudava dentro de um mesmo país ou de uma mesma região! A necessidade de se equiparar as medidas foi aumentando com o passar do tempo e, em 1875, aconteceu a Convenção do Metro.

O Sistema Métrico foi o primeiro sistema racional de unidades, tendo sido internacionalizado naquela convenção. Através de um Tratado, estabeleceu-se então o Bureau Internacional de Pesos e Medidas (BIPM), com sede na França.

Mais recentemente, em 1960, com a XI Conferência Geral de Pesos e Medidas e tendo o aval dos mais importantes países, o Bureau ganha relevância, podendo ser chamado de Sistema Internacional de Unidades (SI).
O Sistema é dividido em duas classes de unidades:

Unidades de base

Metro (comprimento), quilograma (peso), segundo (tempo), ampére (intensidade de corrente elétrica), mol (quantidade de substância/molécula-grama) e candela (intensidade luminosa).

Unidades derivadas

Por exemplo, metro por segundo e volt (diferença de potencial elétrico).
O Profissional

O metrologista é um profissional que pode atuar tanto na área da indústria e da pesquisa quanto na do Sistema Metrológico Nacional ou mesmo em empresas.

No âmbito da pesquisa, a metrologia é de extrema importância para se obter informações confiáveis nas investigações científicas. Não podemos esquecer que a maioria das descobertas científicas foram e sempre são fundamentadas em observações de experimentos: parte-se de uma meticulosa medição de grandezas e pequenos efeitos para se chegar a novos princípios, prontamente equacionados.

Na indústria, a metrologia se aplica de maneira mais ampla, uma vez que se mostra essencial para manter sob controle processos produtivos de toda ordem. Ou seja, tem uma forte influência sobre a qualidade final do produto. Também é importante para desenvolver, aperfeiçoar e testar novos produtos. O profissional dessa área pode criar sistemas e processos de medição para serem aplicados no setor e ainda calibrar instrumentos e padrões próprios, visando à excelência na produção.

Já os inúmeros laboratórios que prestam serviços de calibração de instrumentos e fazem testes em produtos e em equipamentos, cada vez mais solicitados - por conta das normas da série ISO - vêm se apresentando como um mercado de trabalho que se expande cada vez mais.

Internacional Organization for Standardization (ISO)

Série ISO trata-se de uma certificação que padroniza os negócios internacionalmente. O ISO 14000, por exemplo, confere normas dentro da área ambiental.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Porque o Snapchat é adorado por alguns e impossível de entender para outros?


O aplicativo é febre entre os adolescentes, está se tornando cada vez mais usado pelos blogueiros e nunca será entendido pelos nossos pais.

Brincadeiras à parte, a melhor explicação sobre este fenômeno e porque os adolescentes não param de tirar fotos e selfies feitas pelo fundador do aplicativo, Evan Spiegel de apenas 25 anos, no vídeo que está no final deste post.

“Seus filhos contam histórias através de imagem” diz o CEO do aplicativo avaliado atualmente em R$ 48,8 bilhões. Antigamente, quando as câmeras não estavam em nossas mãos a todo momento como estão hoje nos smartphones, as pessoas tiravam fotos para registrar momentos, guardar memórias. Hoje as imagens são tiradas para contar histórias, expressar um sentimento momentâneo, sem perder claro a sua função do registro de memórias.

Este feito serve para refletirmos sobre duas questões:

– Saber aproveitar as oportunidades do momento: O que Evan Spiegel percebeu na sociedade neste caso e aproveitou para solucionar e lucrar? Os adolescentes precisam se comunicar, seus pais e professores estão em peso nas redes sociais como Facebook e começaram a invadir o Instagram, desta forma ele criou um aplicativo que fosse “território” dos jovens. A chave do sucesso neste caso é colocar-se no lugar do outro, perceber um problema e propor uma solução. Até que parece simples na teoria, não é mesmo?

– As pessoas mudaram a forma de se expressar, o registro de imagens faz parte do cotidiano de todos e com um clique e um olhar criativo sobre o mundo você pode se tornar uma celebridade nas redes sociais.

Fiquem de olho nas oportunidades e clique aqui para assistir ao vídeo de Evan Spiegel.


Uma breve história do CARTAZ

OS CARTAZES VÃO À GUERRA

Um dos momentos mais notáveis da história do design gráfico começa com a breve carreira de The Beggarstaffs, pseudônimo usado pelos artistas William Nicholson e James Pryde pela parceria em design e trabalhos gráficos entre 1894 e 1899. Com suas colagens incompletas, criaram uma estética que por vezes provocava o espectador e o fazia decifrar o objeto.




Em seguida, Lucian Bernhard vem dar continuidade no coro. Seu estilo de redução ao naturalismo atingiu uma linguagem visual de signo e forma. O trabalho de Bernhard pode ser considerado a conclusão lógica do movimento cartazista da virada do século. Em um momento em que artistas gráficos e indústria começavam a se aproximar, o estilo simplista e direto de transmitir a mensagem vinha ao encontro da necessidade das empresas começarem a ter uma divulgação mais forte e efetiva.

Na Alemanha, o movimento cartazista de cores chapadas e uso abusivo das formas, acrescentando o nome do produto, foi chamado de Plakatstil. Mais tarde, na Suíça, o Sachplakat teve as mesmas características, mesmo depois de processos mais modernos de impressão.





O cartaz alcançou o auge da sua importância como meio de comunicação durante a Primeira Guerra Mundial. As tecnologias de impressão evoluíram rápido, enquanto o rádio e outros meios eletrônicos de comunicação não se encontravam ainda generalizados.

Nesse conflito mundial, os governos recorreram ao cartaz como meio de propaganda e persuasão visual. Os exércitos tinha que ser recrutados e o moral do público precisava ser incentivado, afim de manter o apoio popular ao esforço da guerra.

Os cartazes produzidos pelos poderes centrais eram diferentes dos produzidos pelos aliados. Nos poderes centrais, prosseguiam as tradições da secessão vienense e a simplicidade do Plakatstil, iniciada por Bernhard. A abordagem do cartaz dos aliados eram mais ilustrativas, com o uso de imagens simbólicas com objetivos propagandísticos.

Na Guerra Civil Espanhola, de 1936 – 37, viu-se surgir uma enorme variedade de impressionantes designers republicanos com suas pinturas executadas em grande diversidade de estilos heroicos, e acompanhadas de legendas simplistas, influenciadas pelos trabalhos dos russos Deni e Moor, e dos 3 Cs – Colin, Carlu e Cassandre.

Mas foi na fotografia que ocorreram as inovações mais significativas. A fotografia provou ser um meio bem mais eficiente contra as atrocidades da guerra do que as ilustrações caricaturadas. A fotografia utilizada por Carlu como ilustração retórica passou a servir de prova, ajudando a criar um sentimento de solidariedade em casa e simpatia no exterior. Além de sua função documental, podia também ser usada para manipular símbolos através de iluminação e recorte de imagens.

Depois da Primeira Guerra, os países buscaram um retorno à normalidade. A máquina de guerra foi voltada para as necessidades de tempos de paz e uma década de prosperidade sem precedentes despontou para os aliados vitoriosos.

Uma nova forma produção dos cartazes do período entre guerras influenciou as produções seguintes. A organização espacial de imagens sintéticas inspiraram um rumo novo para as imagens figurativas. Mc Knight Kauffer e A. M. Cassandre desempenharam papéis centrais na definição dessa nova abordagem.

Kauffer obtinha impacto visual em temas como a paisagem em cartazes, por meio de um design reducionista, transformando ambientes complexos em formas entrelaçadas. Mais tarde, seus cartazes tenderiam ao Art Déco – termo utilizado para identificar trabalhos geométricos populares nos anos 1920 e 30.

Cassandre alcançou expressões concisas pela combinação de texto telegráfico, formas geométricas poderosas e imagens simbólicas, viradas pelas simplificação de formas naturais em silhuetas quase pictográficas.

A gráfica figurativa modernista na Europa se concentrou na integração total da palavra e imagem que se tornou uma das correntes mais resistentes do design gráfico do século XX. A Alemanha se tornou centro cultural à medida que as ideias avançavam em todas as artes, e atravessavam as fronteiras vindas de outros países europeus. Na Inglaterra, estendeu-se a filosofia e as ideias espaciais do modernismo figurativo pós-cubista ao longo da Segunda Guerra Mundial.

Os pôsters falavam numa linguagem marcadamente direta, embora efeitos radicalmente surrealistas também se achassem presentes. A forma mais comum de expressão pictórica era a foto em preto e branco com áreas de cores uniformes sobrepostas a elas.

As pressões em épocas de guerra exigiam uma rápida compreensão dos fatos e das situações, antes da tomada de qualquer decisão, estimulando o desenvolvimento do design de informação. A guerra impulsionou os procedimentos metódicos na criação do design, transformando-o num meio de resolver problemas.

Fonte: NTRLH por Aline Barros

25 de Junho - Dia do Imigrante

Dia 25 de junho é DIA DO IMIGRANTE. Aquela pessoa que vai exercer sua profissão em outro país, onde a mão de obra oferece mais oportunidades. Mas este não o único motivo que leva a saída do país. A busca pelo sucesso, cursos de especialização, qualidade de vida, aproximação dos familiares são alguns dos motivos que levam a troca temporária ou permanente por outros lugares.

O Brasil é um país de imigrantes. Aqui, desde o o final de 1800, chegaram para trabalhar as mais variadas etnias; italianas, alemães, polonesas e oriundos de quase todos os países da Europa e Ásia. Em fins do século XIX, os japoneses começaram a chegar em grandes grupos, sendo apoiados por seu governo, devido a crises de trabalho existente em sua terra.

Todos estes imigrantes, com sua força de trabalho e vontade de vencer, fizeram junto com os brasileiros um Brasil próspero e rico. Esse progresso e crescimento se deve muito a mão de obra africana, que apesar do regime escravagista, deixou sua marca genética.

Há muitos brasileiros que saem em busca de novos rumos Alguns voltam sem conseguir seus objetivos, mas há os que adotam a nova terra, porque lá alcançaram sua meta e voltam apenas para visitar ou buscar parentes, facilitando uma possível carreira fora daqui.

Devido a falta de empregos nos países preferidos pelos imigrantes, fato este devido ao aumento demográfico, as nações mais procuradas tiveram que adotar medidas antimigratórias, como a Lei Dèbret, aprovada na França em 1997 e a Lei de Responsabiidade pela Imigração em vigor nos EE.UU. no mesmo ano.

O fato é que sempre haverá imigrações, migrações, intercambios culturais, até porque está no íntimo do ser humano, a vontade de conhecer e conviver com novas culturas, aliada a necessidade de sobrevivência através do trabalho e especializações encontradas em outros países mais adiantados.

Fonte: www2.portoalegre.rs.gov.br

quarta-feira, 24 de junho de 2015

24 de Junho - Dia Mundial do Leite


Leite é um líquido branco produzido pelas glândulas mamárias dos mamíferos. É a principal fonte de nutrição para os mamíferos jovens, antes de serem capazes de digerir outros tipos de alimentos. O leite contém colostro, que leva anticorpos para o bebê e pode reduzir o risco de muitas doenças. Ele também contém muitos outros nutrientes.

Como produto agrícola, o leite é extraído a partir de mamíferos e utilizado como alimento para seres humanos. 

A Índia é o maior produtor e consumidor mundial de leite. China e Rússia são os maiores importadores mundiais de leite e produtos lácteos.

Em todo o mundo, existem mais de 6 bilhões de consumidores de leite e produtos lácteos. Mais de 750 milhões de pessoas vivem dentro de famílias de agricultores leiteiros. O leite é um fator chave para melhorar a segurança alimentar e nutricional em particular nos países em desenvolvimento. Melhorias na pecuária e tecnologia de lacticínios oferecerem a promessa significativa na redução da pobreza e desnutrição no mundo.

Tipos de consumo

Existem dois tipos distintos de consumo de leite: uma fonte natural de nutrição para todos os mamíferos infantis e um produto alimentar para seres humanos de todas as idades, que é derivada a partir de outros animais.

Nutrição para mamíferos


Dia Mundial do Leite
Uma cabra se alimentando de leite
Em quase todos os mamíferos, o leite é alimentação para bebês através da amamentação. Para os humanos, a Organização Mundial de Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo por seis meses, além de outros alimentos por dois anos ou mais. Em algumas culturas, é comum para amamentar crianças de três a cinco anos, e o período pode ser ainda mais.
Bebês humanos às vezes são alimentados com leite de cabra fresco. Há riscos conhecidos nesta prática, incluindo os de desenvolvimento de eletrólitos desequilíbrios, acidose metabólica, anemia megaloblástica, e uma série de reações alérgicas.
Bovinos da raça Holandesa, a raça dominante
na produção leiteira industrializado de hoje

24 de Junho - Dia do Caboclo

O caboclo, ou mameluco, vem da miscigenação da raça branca com a indígena, com predominância dessa última. O resultado dessa mescla, é uma raça forte e bonita.

A miscigenação é o resultado da mistura de povos diferentes e os brasileiros herdaram essa mestiçagem desde a época da colonização.

Podemos dizer que uma quarta parte da população brasileira são descendentes de índios e branco.

O índio amazônico, por seu temperamento dócil, foi facilmente dominado pelo branco colonizador.

Como os colonizadores europeus geralmente vinham para o Brasil sozinhos, sem as esposas, as aborígines acabavam alvo de assédios sexuais e serviam de matrizes para a criação da raça cabocla.

Esse assédio era tão comum, que o fundador da cidade de Santarém (PA), um padre chamado João Felipe Betendorf, confinava as índias solteiras em uma espécie de curral, por um período de tempo, sob pretexto religioso, mas o real motivo era protegê-las do colonizador branco.

Ao longo do século XVIII, o homem branco europeu também percorreu a região sul e encontrou muitas tribos indígenas em seu caminho.

A miscigenação de brancos e índios foi inevitável. A tradição agrícola dos indígenas é um legado ao caboclo, que manteve o mesmo apego à terra de seus antepassados.

Com o passar dos anos, o termo caboclo passou de étnico-produtivo à social-produtivo por reconhecer como caboclo todo indivíduo que se dedica à economia agrícola de subsistência, seja ele de origem indígena ou não.

Perante a constituição, todos os seres humanos têm direitos, independente de raça, cor e religião. Infelizmente, esses direitos da cidadania muitas vezes não são respeitados em função de um racismo ainda existente no Brasil.

O que devemos lembrar é que todos nós brasileiros descendemos de “índios e negros” e que nossos antepassados foram os responsáveis pela construção do nosso país, portanto, a miscigenação deve ser exaltada e respeitada, pois nós somos essa mistura de raças e não há sentido mantermos o preconceito em nosso país.

Fonte: www.brasilcultura.com.br