Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Abril 2014 Google+

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Rankings Interbrand - As Marcas Globais Mais Valiosas de 2013

E a Interbrand liberou o ranking das marcas mais valiosas de 2013. E se desde 2011 não tivemos muitas surpresas, a lista deste ano […]


E a Interbrand liberou o ranking das marcas mais valiosas de 2013.
E se desde 2011 não tivemos muitas surpresas, a lista deste ano trouxe muitas mudanças entre as TOP 3: a rainha do marketing, Coca-Cola, não é mais a número 1, como o foi nos últimos 13 anos de ranking.

Mesmo atrás da Apple e do Google, respectivamente na primeira e segunda posição do ranking de 2013, a Coca-Cola continua sendo uma das marcas mais valiosas e reconhecidas do mundo, e exemplo de inovação em marketing, principalmente com as suas inusitadas ações, e também em adaptabilidade ao mercado, com seu extenso portfólio de produtos focado não mais em refrigerantes, mas também, em águas, sucos e isotônicos.
Já o Google, antes na quarta posição e agora na segunda, vem se firmando como gigante da tecnologia. Seus produtos de alta qualidade e inovação, como Google Glass, Maps, Gmail e Google Drive, além de projetos experimentais como o Project Loon, que busca oferecer internet 3G a áreas remotas via balões movidos a energia solar, nos lembram que ele é muito mais do que um mecanismo de busca.
Quanto à Apple, o fato de ela ter subido à primeira posição não é necessariamente uma surpresa: nos últimos cinco anos, as vendas da marca têm crescido 15% anualmente, e a iTunes App Store, que completa esse ano 5 aninhos de vida, já ultrapassou a marca de 50 bilhões de apps baixados. Além disso, a capacidade da empresa de fazer com que seus consumidores façam exatamente o que ela quer e o aumento dos “lovers” da marca mostram a influência enorme que ela tem no mercado.
Outro ponto interessante para se reparar é que das marcas que figuram no TOP 5, quatro delas estão relacionadas a tecnologia. Na verdade, o valor total das marcas de tecnologia, este ano, está bem próximo ao das marcas do setor automobilístico e já se equiparou às marcas de bens de consumo:
brand-value-interbrand-2013
Abaixo, uma prévia do ranking. Para vê-lo completo e para saber mais, clique aqui:
interbrand-top-2013

O Parabéns aos Trabalhadores - Gráfica Moura Ramos

Fica aqui o nosso parabéns a todos os trabalhadores, sejam nossos clientes, colaboradores, fornecedores, seguidores, enfim... a todos aqueles que se empenham e enfrentam a labuta de todos os dias. Bom descanso e até sexta. 



A arte de Oliver Hibert

É difícil definir um estilo para Oliver Hilbert. O artista norte-americano é muito original, daquele tipo que você identifica logo de cara a autoria. Assim como Mondrian e Pollock, Hilbert é facilmente identificável pois é hiper-autêntico. E tão colorido que a mais pura psicodelia pode parecer um quadro preto e branco diante de alguns de seus trabalhos.

Um diferencial do seu trabalho é que não só suas pinturas, desenhos e ilustrações estão à venda: elas estampam e geram uma grande variedade de produtos. De tênis da Nike a bonecos 3D, todo seu material é bem aproveitado comercialmente. E lindo.
Sua linguagem é direta, desnuda e surreal. Olhos, bocas, mulheres e cenas mágicas são recorrentes em suas composições. Em alguns trabalhos em que Hilbert explora a simetria das formas e os contrastes de cores, o efeito de observação pode se tornar hipnotizador.
Seu trabalho, já rodou o mundo em galerias, lojas e exposições, dentre os lugares estão Los Angeles, Nova Iorque, Hong Kong, Londres, Paris e Austrália. Entre seus clientes figuram Disney, MTV, Nike, Adidas, Diesel, Fender Musical Corp, BBC, Time Out Magazine e Proctor & Gamble.
Já consagrado como artista e designer, Oliver Hibert “reside em Scottsdale, no Arizona, em sua fazenda-deserto de cactos e pavões albinos”, segundo seu site.
Fontes: 123

30 de Abril - Dia do Jazz

A Unesco proclamou 30 de abril o Dia Internacional Jazz.

Celebração

Em novembro de 2011 a Conferência Geral da UNESCO proclamou 30 de abril o Dia Internacional do Jazz.
Este dia tem como objetivo sensibilizar o público em geral sobre as virtudes do jazz como uma ferramenta educacional e como uma força para a paz, a unidade, o diálogo o reforço da cooperação entre os povos. Governos, organizações da sociedade civil, instituições de ensino e cidadãos envolvidos na promoção e jazz música vai aproveitar esta oportunidade para encorajar a idéia de que não é apenas um estilo de música que jazz, mas também contribui para construção de sociedades mais inclusivas.

Por que o Dia Internacional do Jazz?

• O jazz rompe barreiras e cria oportunidades para a compreensão mútua e a tolerância
• Jazz dá liberdade de expressão
• Jazz é um símbolo de unidade e de paz
• Jazz reduz as tensões entre os indivíduos, grupos e comunidades
• Jazz promove a igualdade de gênero
• O jazz reforça o papel da juventude nas transformações sociais
• Jazz promove inovação artística, improvisação, novas formas de expressão e integração da música tradicional em formas musicais modernas
• Jazz promove o diálogo intercultural e facilita a integração de jovens de marginalizados.

Referências

1. "Dia Internacional do Jazz ". Nações Unidas
Fonte: es.wikipedia.org

30 de Abril - Dia Nacional da Mulher

A mídia e o comércio comandam a importação de datas comemorativas, da moda, do nosso procedimento, da cultura, da linguagem e até do folclore, haja vista a repercussão do Dia das Bruxas. Nada de xenofobia nesta colocação, mas, se há tantos valores aqui, por que buscá-los em outras plagas? Penso que o Dia Nacional da Mulher deveria ser mais divulgado e, este sim, muito festejado.
Dia Nacional da Mulher é comemorado aos 30 de abril, data de nascimento de uma grande brasileira: Jerônima Mesquita, um nome desconhecido para muitos.
E quem foi Jerônima Mesquita?
Foi uma das ilustres brasileiras que viveram no início do século 20. Nascida em Leopoldina (MG), aos 30/4/1880 foi, ainda moça, concluir seus estudos na Europa. Retornando, após observar outro tipo de vida, não se conformou com a situação preconceituosa imposta às mulheres de sua terra natal.
Dotada de inteligência, perspicácia e muito diligente, Jerônima se uniu a um grupo de mulheres combativas e fundou o Conselho Nacional das Mulheres. Se hoje as mulheres têm direito a voto, devem-no a ela, que foi sufragista e lutou para que, em 1932, todas as mulheres, acima de 18 anos, pudessem votar.
Engajou-se em frentes de assistência social, sendo uma das fundadoras da Pró-Matre, hospital beneficente que tinha por objetivo acolher gestantes pobres. A matriz foi no Rio de Janeiro, mas hoje, há hospitais com esse nome em muitas cidades brasileiras; fundou, também, a Associação Cruz Verde. Todos sabem que no início do século 20 grassava, no Brasil, a fome, a febre amarela, a peste bubônica, a varíola, doenças agravadas pela subnutrição do povo. Foi nessa época que Jerônima Mesquita mais atuou.
Numa das poucas entrevistas que deu antes de falecer, o que ocorreu em 1972, disse que ficara feliz com a promulgação da Lei 4121/62, conhecida como Estatuto da Mulher Casada que, entre outras mudanças, concedeu às mulheres o direito de trabalhar fora do lar sem autorização do marido ou do pai. Hoje, com o Código Civil Brasileiro modificado, a situação da mulher está diferente e sua condição jurídica menos discriminatória. Ela também gostaria de ter visto isso.
JULIA FERNANDES HEIMANN
Fonte: www.portaljj.com.br


30 de Abril - Dia do Ferroviário

Dia do Ferroviário
ferroviário contribui para o funcionamento do complexo sistema de transportes que é a rede de trens. O mais famoso cargo, e o que mais rapidamente nos vem à cabeça, é o de maquinista - o "motorista", que comanda o trem. Mas ainda há muitas pessoas importantes envolvidas, e todas elas merecem nossa comemoração no dia de hoje.
Para começar, é preciso lembrar que o ferroviário pode atuar em vários tipos de trens: urbanos, turísticos, de carga.
Como sistema de transporte de pessoas ou carga, os trens representam uma opção mais barata, porém insuficientemente explorada no nosso país. Seu custo é bem menor do que o rodoviário, pois os trens são movidos a diesel ou a eletricidade.
Segundo a Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), em apenas cinco anos houve um investimento de mais de 1 bilhão de reais no aumento da produção. Além disto, foi reduzido em 50% o índice de acidentes e foram gerados 15 mil novos empregos na indústria ferroviária.

HISTÓRIAS DO TREM NO BRASIL

A primeira estrada de ferro do Brasil foi a Estrada de Ferro Petrópolis, inaugurada em 30 de abril de 1854. Era conhecida também como Estrada de Ferro Mauá, já que foi construída graças ao patrocínio do Barão de Mauá na empreitada: ligar a Praia da Estrela, na Baía da Guanabara, à raiz da Serra de Petrópolis. Já a locomotiva, trazida da Inglaterra, era homenagem à esposa do Barão de Mauá. Chamava-se "Baroneza" (com 'z' mesmo, por causa da grafia antiga).
Foi criada ainda no mesmo século outra estrada de ferro, no Rio de Janeiro, tendo em vista o desenvolvimento da região. Chamava-se Estrada de Ferro D. Pedro II, mas mudou o nome para Estrada de Ferro Central do Brasil após a Proclamação da República, em 1889. Sua principal função era integrar as áreas urbanas que não paravam de crescer, devido à chegada de imigrantes, libertação dos escravos e crise da lavoura canavieira. A Central do Brasil foi se estendendo e, com o tempo, serviu também para ligar o subúrbio ao centro da cidade do Rio de Janeiro.
A Estrada de Ferro do Corcovado, inaugurada em 1884, é mais um exemplo de investimento no transporte da moda do século XIX. Esta via tão antiga tem história: durante quatro anos consecutivos, transportou as peças do Cristo Redentor; recebeu passageiros ilustres como Dom Pedro II (que inaugurou a Estrada de Ferro), o secretário de Estado do Vaticano, Eugênio Pacelli (que veio a ser o Papa Pio XVII), os ex-presidentes Getúlio Vargas e Epitácio Pessoa, o Papa João Paulo II, o cientista Albert Einstein e a princesa Diana. Foi conduzido até por Santos Dumont, freqüentador assíduo que sempre dava generosas gorjetas.

TURISMOS SOBRE TRILHOS

Além de um meio de transporte que facilita muito a vida de quem precisa ir para o trabalho ou viajar, os trens também servem para algo muito divertido: passeios turísticos!
As opções geralmente estão associadas a lugares históricos, já que os trens têm um quê de nostalgia que dão ao passeio um gostinho de saudade.
É dentro desta visão que existem os passeios que transpõem antigas rotas de mineração, ou os trilhos que atravessam antigas fazendas de café ou engenhos já extintos.
O turismo ferroviário também inclui passeios ecológicos - as pessoas contemplam a natureza de dentro do vagão, e o ponto de chegada pode ser, por exemplo, um mirante com uma vista espetacular. Se você é preguiçoso, ou tem algum outro motivo para evitar uma caminhada, os trenzinhos podem ajudar.
Alguns exemplos de onde você encontra estes passeios são: Tiradentes ou São João del Rei (existe um circuito que interliga estas cidades), em Minas Gerais; Serra da Graciosa, no Paraná; São João da Barra, no norte do estado do Rio de Janeiro; e o trem do Corcovado, imperdível para quem quer conhecer a Cidade Maravilhosa.

CURIOSIDADES

A primeira locomotiva foi apresentada em público em 1814, graças a George Stephenson (1781-1848). As tentativas anteriores foram algo parecido, mas nada práticas. Richard Trevithick, por exemplo, construiu um veículo em 1803, pesando 5 toneladas e que podia desenvolver a velocidade de... 5 quilômetros por hora!
Um pouco mais de velocidade foi alcançado por Stephenson, com a locomotiva "Rocket": 47 quilômetros por hora! Ganhou até prêmio. Mas a novidade da "Rocket" foi mesmo a utilização, pela primeira vez, da caldeira tubular e do escapamento do vapor pela chaminé. Bom, o que importa entender disto tudo é que o resultado foi o equilíbrio entre o consumo e a produção de vapor. Muito melhor!
Nos Estados Unidos, o primeiro trem para passageiros circulou no dia 25 de dezembro de 1839, na Carolina do Sul.
A primeira vez que uma locomotiva elétrica circulou foi na Exposição Industrial de Berlim, em 1879.
A primeira ferrovia da América do Sul foi construída no Peru, em 1849.
É também no Peru que fica a linha Lima-Oroya, a mais alta do mundo: está a 4.816 metros de altitude!
E uma ferrovia transcontinental? Nos Estados Unidos, em 1869, a cidade de Nova York, no Atlântico, foi conectada a São Francisco, no Pacífico. O percurso totalizava 5.300 km.
No Brasil, a primeira ponte ferroviária foi construída em 1858, na região de Afogados, cidade do Recife.
A combustão interna conhecida como diesel foi patenteada pelo engenheiro Rudolf Diesel. A invenção contribuiu em grande parte para a evolução das estradas de ferro, que passaram a utilizar a tração diesel. O motor diesel também foi aproveitado nas indústrias nascentes como gerador de energia e, mais tarde, nos barcos, navios, locomotivas e caminhões.
A ligação por trem das cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo foi um grande acontecimento. As duas mais importantes cidades do País foram unidas no dia 8 de julho de 1877.
Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

terça-feira, 29 de abril de 2014

O Facebook quer saber: Onde você está?

facebook
Para quem achava que a empresa de Mark Zuckerberg não poderia lançar mais nada, está chegando mais uma novidade, o ‘Nearby Friends’. A nova função do Facebook que permite que seus amigos saibam onde você está. Isso mesmo. Agora além de saber seus interesses pessoais, onde você estudou, onde mora, agora o Facebook saberá também onde você está. A nova ferramenta, que usa geolocalização, informa para seus amigos do Facebook se você está por perto. A intenção é promover o encontro de pessoas no mundo offline.
A nova ferramenta é opcional, então você poderá ativar ou desativar quando desejar e estará disponível para mobile. O Facebook sabe o quanto as pessoas podem se sentir inseguras compartilhando esse tipo de informação, por isso fez com que ela fosse opcional e que somente amigos possam visualizar a localização dos usuários (ninguém quer que estranhos saibam onde estamos, certo?). Se ativada, a ferramenta envia notificações periódicas para os amigos dos usuários, informando a localização – quem sabe você e aquele amigo que você não encontra há tempos não conseguem almoçar juntos, ou tomar um cafezinho?

Como usar a função ‘nearby friends’:

Nearby-Friends-Screen-1
• Como a função é opcional, você precisará ativar nas configurações de seu dispositivo móvel. Quando ativar a função, você será direcionado para um tutorial sobre como usar a nova ferramenta. Uma fez ativada, seus amigos poderão ver sua localização (e você também poderá ver a deles, se eles estiverem ativados).
• Você poderá compartilhar sua localização com o público ou com amigos específicos.
• Você não será capaz de ver a localização exata dos seus amigos, mas receberá notificações sempre que um amigo estiver nas proximidades.
• Você poderá optar por compartilhar sua localização exata com amigos. Para isso você poderá configurar um período durante o qual esse amigo poderá visualizar em um mapa a sua localização.
• Se desejar parar de compartilhar sua localização, precisará ir nas configurações e desativas a função.
Esta função por enquanto só está disponível para usuários nos Estados Unidos, mas será liberada aos poucos para demais usuários, conforme estratégia já usada pelo Facebook em outros lançamentos.
O que você acha dessa mudança?

O Facebook quer saber: Onde você está?

Nearby-friends-screen-2
Fonte: http://www.publistorm.com e Imagens: Mashable

Coca-Cola Além do Arco-Íris

Para comemorar 20 anos de democracia na África do Sul, Coca-Cola cria um arco-íris de verdade.


Imagem: OB Agency
A Coca-Cola é sempre assunto quando falamos de publicidade. Não é por menos, 3º marca mais valiosa segundo ranking da Interbrand  (após 13 anos como líder absoluta), esta gigante do marketing sempre nos dá motivo para falarmos dela.
Para comemorar 20 anos da primeira eleição democrática na África do Sul (que elegeu Nelson Mandela), cujo aniversário é comemorado no mês de abril, a Coca-Cola, com ajuda da sua agência local FCB da África do Sul, criou um arco-íris. Símbolo de uma nação que enfrentou o Apartheid e agora luta por uma sociedade mais justa e tolerante às diferenças.
Para conseguir tal façanha, diversos testes e cálculos foram feitos, até que o resultado desejado fosse alcançado com um equipamento que liberava água reutilizada instalado em um prédio de Johannesburgo.
O fim do arco-íris, que normalmente é onde se esconde um pote de ouro nas fábulas e fantasias, neste caso, virou um ponto de encontro.
É. Parece que não existem limites para a Coca-Cola. Esta será difícil de superar, mas sintimos que eles conseguirão.
Fonte: adnews e Chocoladesign


Corel Draw X7: faça desenhos vetoriais de forma profissional

CorelDRAW X7 é uma suíte de programas, disponível para Windows, que traz diversas funções de edição de imagens, desde a criação digital, gerenciamento de fontes, ilustração, edição, até o desenvolvimento de sites e captura de telas.


Além da nova aparência, a versão X7 traz novas ferramentas e uma grande a melhoria nos recursos como alto DPI, suporte a múltiplos monitores, compatibilidade com touchscreen, o programa também várias formas que permitirão compartilhar conteúdos com a comunidade de usuários CorelDRAW. 

Com a ferramenta multi-core e o suporte de 64 bits, os usuários podem executar vários aplicativos e processar arquivos grandes com facilidade. Assim, você podem iniciar as atividade mais rapidamente, completar projetos com mais eficiência e realizar o processo de design do jeito que quiserem. 

A suíte é composta dos seguintes programas: CorelDRAW X7: Um aplicativo de ilustração vetorial e layout de página; Corel PHOTO-PAINT X7: Ferramenta profissional de edição de imagem; Corel CONNECT X7: Um navegador que acessa o conteúdo digital no Content Exchange e em um computador local; Corel CAPTURE X7: Uma ferramenta que permite fazer uma captura de tela com apenas um clique; Corel PowerTRACE X7: Utilitário para rastreamento de bitmap para vetor; Corel Website Creator: Farramenta para design de sites; Bitstream Font Navigator: Ferramenta de gerenciamento de fontes; Duplexing Wizard: Assistente para fazer impressão frente e verso manualmente; PhotoZoom Pro 3: Plug-in para aumento de imagens digitais; ConceptShare: Ferramenta de colaboração on-line; BarCode: Assistente de código de barras 

O pacote tem também um enorme banco de dados com mais de 2 mil fotos digitais de alta resolução, 10 mil imagens e cliparts, mil fontes OpenType, 350 modelos, 800 quadros e padrões e muito mais.

Corel Website Creator 

O Corel Website Creator traz dezenas de novos modelos e SiteStyles, suporte aprimorado para CSS3 e novos recursos HTML5. Com ele, você pode rapidamente desenvolver, construir e manter sites interativos e atraentes, sem ter que aprender a codificar. 
Áreas de trabalho avançadas 

Agora, você tem várias áreas de trabalho novas e predefinidas, que lhe ajudarão a manter todas as ferramentas específicas organizadas e acessíveis. Você pode escolher entre Layout de página, Ilustração ou definir a área de trabalho.

Interface personalizável 

A interface foi reprojetada: agora, ela é totalmente personalizável. Para começar a trabalhar, você pode escolher entre a área de trabalho Lite, Clássica ou Padrão. Depois, basta usar o novo recurso de personalização rápida para adaptar a caixa de ferramentas e as barras de propriedades, de acordo com as necessidades.

Controle total sobre preenchimentos e transparência 

Com um mecanismo de preenchimento mais poderoso, você pode ter controle completo sobre os preenchimentos gradiente, de padrão de bitmap e vetorial. Crie preenchimentos gradientes elípticos e retangulares, controle a transparência nas cores individuais de um preenchimento gradiente, repita um preenchimento gradiente em um objeto e muito mais.

Efeitos especiais e edição de fotos avançada 

Com as quatro novas ferramentas de líquido sensíveis a pressão (Manchar, Atrair, Repelir e Girar) e novos efeitos de câmeras (Desfocagem Bokeh, Colorir, Tonificação Sépia e Máquina do Tempo), você pode fazer muito mais e criar imagens exclusivas. Além disso, com o suporte a arquivo RAW para mais de 300 tipos de câmeras, você terá ainda mais formas de enriquecer as imagens.

Visualização fácil de fontes e ferramentas de caracteres avançadas 

Ficou mais fácil encontrar a fonte perfeita para qualquer projeto. Com o novo Font Playground, você pode visualizar e experimentar diferentes fontes antes de colocá-las no design. Para ficar mais completo, a janela de encaixe “Inserir caractere” foi reformulada, e, agora, automaticamente mostra todos os caracteres, símbolos e glifos associados à fonte, ajudando ainda mais na hora de encontrar e inserir.

Ferramentas precisas de desenho e layout 

Com os recursos avançados de layout, você terá certeza de que todos os elementos, na página, estão no local desejado. E, com a ajuda das novas guias de alinhamento, que ajudam a posicionar objetos, os alinhamentos a outros objetos próximos serão feitos de forma instantânea. As novas opções “Posição do contorno” permitem especificar se um contorno está posicionado dentro do objeto, fora do objeto ou em uma combinação igual dos dois.

Suporte a alta resolução e multi exibição 

Com o novo suporte para várias telas, você não terá mais problemas na hora de mover o trabalho por várias telas. Você pode desencaixar o projeto, barras de ferramentas, janelas de encaixe e arrastá-los para fora da janela do aplicativo. No quesito exibição, todos os apps da suíte foram otimizados para telas de alto DPI, assim, a interface sempre aparecerá nítida e legível em telas de alta resolução.

Gerador de código QR 

Agora, o usuário pode criar e adicionar códigos QR exclusivos nos designs. Além disso, ele poderá também utilizar a validação incorporada, para garantir que o Código QR seja totalmente funcional e possa ser lido pelos principais smartphones e aplicativos de digitalização.

Troca de conteúdo incorporada 

Outra boa novidade dessa versão é Troca de conteúdo: um repositório on-line totalmente integrado com as aplicações da suíte. Nela, você pode compartilhar preenchimentos gradientes, de padrão vetorial e de padrão de bitmap com a comunidade de usuários diretamente do CorelDRAW. Com esse recurso, você pode se inspirar, mostrar os trabalhos e votar nos preferidos.

Materiais de aprendizagem e dicas de especialistas 

Independente de você ser um designer gráfico temporário ou um aspirante a designer, sempre dá para aprender um novo truque. Para ajudá-lo nisso, existe uma biblioteca de materiais didáticos dinâmicos, que exibe tutoriais em vídeo, seminários na Web e dicas de especialistas. Além disso, as dicas do CorelDRAW oferecem vídeos de treinamento e dicas diretamente no aplicativo.

Preenchimentos de padrão vetorial e de bitmap 

Você pode procurar, visualizar, aplicar e transformar os preenchimentos de padrão vetorial e de bitmap ao usar os controles aprimorados da janela de encaixe “Propriedades do objeto”. Você também pode salvar preenchimentos que criou com o novo formato FILL, para usá-los posteriormente ou compartilhá-los com outros usuários.

Edição fácil de harmonia de cores 

A janela de encaixe “Estilos de cor” foi aprimorada para facilitar ainda mais a visualização, a organização e a edição de harmonias e estilos de cor. Agora, você pode especificar o valor do brilho e preservar a saturação e matizes enquanto ajusta a cor. Novas regras de harmonização permitem que você alinhe todas as cores de uma harmonização de cores a um sistema baseado em regras, de um jeito que é possa modificar essas cores e preservar a harmonização de cores.

Compatibilidade com os formatos de arquivos mais recentes 

O programa agora suporta mais de 100 formatos de arquivo, incluindo os mais recentes formatos AI, PSD, PDF, JPG, PNG, SVG, DWG, DXF, EPS, TIFF, DOCX e PPT, além do amplo suporte para arquivo RAW de mais de 300 tipos de câmeras. 

O Corel Draw é um pacote completo para quem vai fundo na edição e precisa das ferramentas certas para produzir e fazer o que precisa. O programa, está disponível em uma versão de avaliação que pode ser usada por 30 dias.

Fonte: Techtudo

Inspire-se - Modelo Criativo de Cartão de Visita

O desenvolvimento da Internet possibilitou um maior contato entre as pessoas e empresas. Atualmente redes sociais como Facebook e LinkedIn são amplamente utilizadas para promover relações profissionais em diferentes partes do mundo.

No entanto, o tradicional cartão de visita continua sendo muito utilizado e representa uma importante ferramenta de comunicação. Mas não basta apenas informar seus dados para contato (como endereço, telefone, e-mail e Website) em um pequeno pedaço de papel…é preciso inovar. 

Para que você seja futuramente lembrado vale a pena investir em materiais especiais como couché, metal ou PVC e também caprichar no acabamento com verniz localizado, laminação, relevos e cortes especiais.
Cartao visita criativo 01 Modelo Criativo de Cartão de Visita
Foi neste sentido que Martyna Wedzicka, designer da Polônia, decidiu projetar seu próprio cartão de visita. Para fugir do convencional utilizou plástico transparente e para que cada contato recebesse um cartão exclusivo, desenhou padrões diferentes em cada peça. A série foi chamada de “Personal Branding” e mostra que com simplicidade e criatividade é possível desenvolver projetos atraentes e originais.

Confira abaixo o resultado final:

Cartao visita criativo 02 Modelo Criativo de Cartão de Visita
Cartao visita criativo 03 Modelo Criativo de Cartão de Visita
Cartao visita criativo 04 Modelo Criativo de Cartão de Visita
Cartao visita criativo 05 Modelo Criativo de Cartão de Visita

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Conheça o restaurante mais bonito do mundo

As Ilhas Maldivas possuem os cenários mais espetaculares que a natureza já criou.

O lugar recebe milhares de turistas dispostos a vivenciar experiências inesquecíveis nos inúmeros resorts construídos no nas ilhas. Recentemente o Luxo S.A. publicou um artigo apresentando o resort mais luxuoso nas Maldivas.

E por falar em luxo e grandes experiências é nas Maldivas que está localizado o restaurante mais bonito do mundo. Você pode contestar este argumento afirmando que beleza é algo subjetivo, mas neste caso as imagens a seguir comprovam a afirmação.

O Ithaa Undersea Restaurant pertence ao Conrad Maldives Rangali Island Resort e ocupa a primeira posição no ranking elaborado pelo The Daily Meal.

Os hóspedes podem desfrutar um maravilhoso jantar debaixo de um teto abobadado de acrílico transparente. A vista panorâmica de 180 graus oferece uma visão única do oceano e de incríveis espécies de peixes e tubarões.

Entre as especialidades da casa está o Pato Agnolotti e o Carpaccio de lagosta Maldivian, que podem ser apreciados em um ambiente submarino deslumbrante.
Ithaa Undersea Restaurante submarino Maldivas 01
Ithaa Undersea Restaurante submarino Maldivas 02
Ithaa Undersea Restaurante submarino Maldivas 03
Conrad Maldives
Endereço: Rangali, South Ari Atoll, Maldivas
Telefone:+960 668-0629
Fonte: Luxo S.A. - Imagens: Divulgação.

28 de Abril - Dia Nacional da Caatinga

Instituído através de decreto presidencial, de 20 de agosto de 2003, o 28 de abril foi escolhido em homenagem ao primeiro ecólogo do Nordeste brasileiro e pioneiro em estudos da caatinga, o professor João Vasconcelos Sobrinho.
Durante muito tempo pensou-se que a caatinga fosse um ecossistema pobre, por isso a escassez de estudos sobre ela.
O patrimônio biológico da caatinga não é encontrado em nenhum outro lugar do mundo além do Nordeste do Brasil.
Inclui áreas do:
Piauí
Ceará
Rio Grande do Norte
Paraíba
Pernambuco
Alagoas
Sergipe
Bahia
Norte de Minas Gerais.
São espécies nativas da caatinga:
''barriguda'' (Cavanillesia arborea)
Amburana
Aroeira
Umbu
Baraúna
Maniçoba
Macambira
Mandacaru
Juazeiro
A fauna nativa inclui:
Sapo-cururu
Asa-branca
Cotia
Preá
Veado-Catingueiro
Tatu-Peba
Sagui-do-Nordeste
Cachorro-do-Mato.
No entanto, o estudo minucioso da caatinga não trouxe boas notícias. Os pesquisadores constataram que esse é o terceiro ecossistema brasileiro mais degradado, atrás apenas da Mata Atlântica e do cerrado. 50% de sua área foram alterados pela ação humana, sendo que 18% de forma considerada grave por especialistas. A desertificação, encontrada principalmente em áreas onde antes se desenvolvia o plantio de algodão, apresenta-se bastante avançada.
Além do desmatamento, um sério problema enfrentado por esse domínio é a caça aos animais, única fonte de proteínas dos sertanejos que residem na área. A percentagem das áreas de caatinga protegidas por reservas e parques é ínfima: 0,002%, segundo o Ministério do Meio Ambiente. "Precisamos mudar esse patamar de proteção para não perdermos espécies que ocorrem apenas nacaatinga", declarou a diretora de Áreas Protegidas do Ministério, Inah Simonetti.
O Ministério do Meio Ambiente já declarou seu interesse em transformar a caatinga em patrimônio nacional e assumir para si a responsabilidade da proteção. Que o gesto não sirva apenas como um reconhecimento tardio pelo governo do único bioma exclusivamente brasileiro.
Fonte: Noolhar

28 de abril - Dia da Educação

"...a boa educação é a base de uma nação consciente de seus direitos e deveres, que é capaz de construir o melhor para si e para o seu país, contribuindo para uma sociedade mais justa e com alta qualidade de vida".

Educação

É o conjunto de técnicas e conhecimentos necessários para a transmissão do saber e dos valores essenciais à sociedade.
Ao professor cabe transmitir conhecimentos e estimular o raciocínio lógico e a visão crítica dos estudantes, ajudando-os no desenvolvimento de habilidades para entrar no mercado de trabalho e assumir seu papel de cidadão.
Atua em todos os níveis da educação, do ensino infantil ao superior. Pode lecionar disciplinas específicas nos cursos profissionalizantes, nas classes de alfabetização, de educação especial (para portadores de deficiência) ou para jovens e adultos (antigo supletivo). Pela Lei de Diretrizes e Bases de 1996, todos os professores, de qualquer nível de ensino, devem ter formação superior a partir de 2007. Para lecionar em faculdade, é preciso, ainda, ter pós-graduação.
Hoje em dia é grande a importância dada à educação. O número de analfabetos no país vem caindo a cada ano e praticamente todas as crianças com idade entre 7 e 14 anos estão matriculadas na escola. E também há um esforço para colocar na pré-escola as crianças com menos de seis anos de idade.
Outra preocupação atual é com a repetência. Professores e o Ministério da Educação buscam formas de evitar a repetência dos alunos para que eles não desanimem e acabem abandonando a escola. Mesmo assim, muitas crianças e jovens têm que deixar de estudar porque precisam trabalhar.
A qualidade do ensino também é um ponto importante para se pensar. Pouco adianta completar séries e ganhar um diploma se não aprendermos de verdade. Por tudo isso, estudar com prazer e buscar compreender o mundo através do que aprendemos é uma boa forma de comemorar o Dia da Educação.

Como anda a educação no Brasil?

O IBGE realiza várias pesquisas que levantam dados sobre a educação no Brasil, sendo a maior delas o Censo Demográfico. O último censo foi em 2000 e trouxe informações sobre analfabetismo, anos de estudo, freqüência escolar e redes de ensino, com distribuição de acordo com idade, estados, regiões do Brasil e sexo, entre outros dados.
Outra pesquisa importante, realizada com amostras da população brasileira, é a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, que apresentou seus mais recentes resultados em 2003. Vamos aproveitar o Dia da Educação para sabermos mais sobre o assunto no Brasil?

Mais brasileiros sabendo ler e escrever

O mundo moderno exige das pessoas uma preparação cada vez melhor para o exercício de suas tarefas. Ler e escrever, além de serem formas de se comunicar com o mundo, são atividades básicas para o desempenho de muitas outras funções.
Sob esse aspecto, a população brasileira vem conseguindo alguns avanços. Segundo a Síntese de Indicadores Sociais 2004, que traz os resultados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2003 (PNAD), do IBGE, o crescimento contínuo da taxa de escolarização vem reduzindo o analfabetismo, elevando o nível de instrução da população em todo o país e diminuindo, gradativamente, as grandes diferenças entre as regiões.
A taxa de escolarização dos jovens de 15 a 17 anos, por exemplo, aumentou cerca de 33% nos últimos 10 anos e atingiu, em 2003, 82,4% desses jovens. Não houve grandes variações entre as taxas regionais e a taxa média nacional.

Sobe o nível de instrução da população, cai o analfabetismo

A crescente escolarização vem impulsionando a elevação do nível de instrução da população. Entre 1993 e 2003, o analfabetismo declinou em quase 30% no Brasil. Esse declínio foi mais intenso nas regiões Sul (34,7%), Centro-Oeste (32,1%) e Sudeste (31,3%), principalmente nos estados do Paraná e Santa Catarina (com reduções de 37,6% e 36,7%, (respectivamente), o Distrito Federal (-45,7%) e o Rio de Janeiro (-41%). O Nordeste apresentou um declínio de 27%.
São considerados analfabetos todos aqueles que possuem mais de 15 anos de idade e não sabem ler nem escrever. A diminuição das taxas de analfabetismo no Brasil deve-se ao maior acesso da população carente ao ensino fundamental e aos programas de alfabetização de adultos, como, por exemplo, o Alfabetização Solidária, onde o governo federal atua em parceria com universidades, empresas privadas, prefeituras e comunidades, e o Movimento de Educação de Base, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB.

Meninos e meninas: quem estuda mais?

Segundo a Síntese de Indicadores Sociais 2004, o analfabetismo apresentou maior declínio entre as mulheres (31,7%) do que entre os homens (26,9%).
No grupo das pessoas com mais de 10 anos de idade, ocupadas, as mulheres têm em média um ano de estudo a mais do que os homens (média de anos de estudo iguais a 7,7 e 6,7, respectivamente).

Educação, formando o ser humano

Segundo o Novo Dicionário da Língua Portuguesa, de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, educação é: "processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual ou moral da criança e do ser humano em geral, visando à sua melhor integração individual e social". O processo de educação começa com a família, quando os pais ensinam a seus filhos o que julgam ser certo, como devem se comportar, a respeitar as outras pessoas. Ou seja, é o início da formação da criança, que aos poucos vai sendo preparada para a vida individual e em sociedade.
Num segundo momento, entra em cena a escola. Tem início a etapa da instrução da criança, onde ela vai adquirir conhecimentos referentes a áreas do saber específicas: Língua Portuguesa, Matemática, Geografia, História, entre outras.
Mas o papel da escola na formação do indivíduo não fica restrito a esse tipo de informação. De certa forma, a escola vai dar continuidade ao processo que foi iniciado pela família, educando a criança e o adolescente também para a vida, através da disciplina, das responsabilidades, do estímulo ao exercício da cidadania.
E lembre-se: a boa educação é a base de uma nação consciente de seus direitos e deveres, que é capaz de construir o melhor para si e seu país, contribuindo para uma sociedade mais justa e com alta qualidade de vida.

Quem está na escola vai à escola?

Agora vamos estudar mais detalhadamente a situação desses jovens que estão na escola. Há inúmeras razões que determinam o grau de freqüência à escola. A Pesquisa de Padrão de Vida (PPV), realizada pelo IBGE, entre março de 1996 e março de 1997, nas regiões metropolitanas do Nordeste e do Sudeste, onde estão concentrados 70% da população, teve como um dos temas apurados a Educação, com destaque para o estudo da freqüência à escola.
Veja alguns dos resultados da pesquisa:
8% das crianças entre 7 e 14 anos, residentes nos domicílios pesquisados, não frequentam a escola e grande parte alega como causas dessa situação dificuldades financeiras e desinteresse.
Entre as crianças de 7 a 9 anos, a renda aparece como o principal motivo (28%) pela não freqüência, seguida por razões ligadas ao sistema educacional (26%, sendo 11% a falta de vagas e 15% a ausência de escola próxima do domicílio) e por desinteresse (9%).
Já para a faixa de 10 a 14 anos, o desinteresse é o principal motivo (31%), seguido pela renda (25%). Os problemas relacionados ao sistema educacional respondem por 22%.
Na medida em que aumenta a renda familiar, cresce também a taxa de escolarização entre os membros da família.
O atual sistema educacional brasileiro tem a seguinte estrutura:

Educação Básica

Compreende a educação infantil, o ensino fundamental e o ensino médio.

Educação Superior

Compreende o ensino superior e pós-graduação. Há também a educação profissional nos níveis básico, técnico de nível médio e tecnológico e a educação especial, para estudantes portadores de deficiência física ou mental.
Quanto maior o nível de instrução, maiores são as chances de encontrar trabalho. A conclusão é da Pesquisa de Padrão de Vida (PPV), realizada pelo IBGE, entre março de 1996 e março de 1997, nas regiões metropolitanas do Nordeste e do Sudeste, onde estão concentradas 70% da população.
Os resultados da PPV mostraram que a taxa de ocupação para quem estuda durante 12 anos ou mais é de 77,62%, contra 44,5%, para os que têm de 1 a 3 anos de estudo.
O Brasil gasta, em média, 5,5% do Produto Interno Bruto - PIB em programas de educação, incluindo os gastos públicos e os investimentos privados. Esse valor é alto. Só para se ter idé ia, os Estados Unidos destinam 5,3% de seu PIB com educação e a Inglaterra, 5,5%. O problema que o Brasil enfrenta é a distribuição desigual dos recursos nos diferentes níveis de ensino. Aos alunos de nível superior é destinada uma quantidade muito maior de recursos do que para os do ensino fundamental.
Fonte: www.velhosamigos.com.br