Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Fevereiro 2013 Google+

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

A NVIDIA anuncia parceria com a Agência X5 e torna-se patrocinadora master da Seleção Brasileira de Games e da Brasil Gaming League.

A novidade foi oficialmente divulgada ontem (quarta-feira, 27/02), às 20h, no programa “Tudo Random (http://www.twitch.tv/tobocotv)”, apresentado por Diego “Toboco” Pereira. O evento foi transmitido via streaming direto da Arena X5, em São Paulo. Na sequência, os gamers puderam sentir o gostinho de um torneio online: a Seleção Brasileira de Games, representada pelos jogadores do Keyd Team disputou um Show Match de League of Legends contra os chilenos do ROH Team.


“Com o anúncio dessa parceria, a NVIDIA consolida ainda mais seu compromisso em apoiar o e-sport nacional que está em crescimento e busca um reconhecimento como modalidade profissionalizante,” destaca Leo De Biase, gerente de marketing e relações públicas da NVIDIA no Brasil. “Com títulos de games competitivos fortes e o advento das transmissões online via streaming, ficou muito interessante para marcas como a NVIDIA investirem nesse segmento, onde é possível apoiar, com um alcance muito maior, o trabalho da Seleção Brasileira de Games e conquistar uma expressiva exposição da marca entre gamers de todo o mundo”, comenta o executivo.

Um dos exemplos do sucesso das transmissões online foi o grande número de acessos conquistados durante o GeForce GTX League of Legends Invitational Brasil realizado pela NVIDIA em novembro passado, em parceria com a Agência X5 e com a Riot Games: foram 14,5 mil acessos simultâneos e mais de 200 mil visitantes únicos em dois dias de torneio. E tem mais por vir! Para 2013, a NVIDIA já tem programado em seu calendário dois novos campeonatos que em breve serão apresentados ao público com mais detalhes.

A Seleção Brasileira de Games tem mais dados que mostram o quanto o e-sport vem crescendo ano a ano no Brasil. Em 12 meses de projeto, os jogadores da Seleção viajaram mais de 150 mil quilômetros para disputar campeonatos em seis diferentes países. Mais de 30 jogadores vestiram a camisa da seleção para torneios de Counter Strike, League of Legends, Starcraft e Fifa.

“É a realização de mais um sonho poder dar continuidade a um projeto tão maravilhoso. Agora, com ainda mais estrutura, enxergamos que continuamos no caminho certo! Fico muito honrado e satisfeito de seguir contribuindo para a comunidade do e-Sport no Brasil e tenho a certeza de que mais jogadores irão ser beneficiados este ano”, destaca Alexandre Borba, idealizador da Seleção Brasileira de Games.

Anúncio oficial da parceria pretende bombar o stream

Além da chegada da NVIDIA como patrocinadora master, novidades relacionadas à Brasil Gaming League e à Seleção Brasileira de Games para 2013 farão parte do evento desta noite que contará com a presença de Leo De Biase, gerente de marketing e relações públicas da NVIDIA no Brasil, Alexandre Borba, idealizador da Seleção Brasileira de Games e da BGL e do Bruno Bit, jogador profissional de Counter Strike, três vezes campeão mundial e cinco vezes campeão panamericano.

Para 2013, a Brasil Gaming League contará com os jogos Counter Strike, League of Legends, Starcraft 2, Crossfire e Combat Arms no campeonato, sendo o Counter Strike na versão Global Offensive. Haverá um evento presencial por mês, a ser realizado na Agência X5, com a participação dos melhores times e jogadores do Brasil. Para cada um desses eventos será realizada uma qualificatória online, sem limite de inscritos, para determinar os times que vão participar. A premiação mínima será de R$ 10 mil reais. A BGL exibirá semanalmente via streaming, uma batalha entre times e jogadores convidados com premiações em dinheiro que ultrapassarão R$ 160 mil.

Todas essas novidades foram apresentadas via streaming nesta última quarta-feira (27/02), às 20h no programa “Tudo Random”. Para assistir basta acessar o link http://www.twitch.tv/tobocotv.

Os internautas que acompanharam a transmissão, concorreram a um PC Gamer equipado com uma GeForce GTX 550Ti, montado com exclusividade pela X5 Computadores e brindes exclusivos NVIDIA. 

Na sequência, para comemorar a grande novidade, a Seleção Brasileira de Games, representada pelos jogadores do Keyd Team, e ROH Team (Chile) estarão a postos para um torneio de League of Legends. Um verdadeiro Show Match! A narração da partida foi a cargo de Toboco e Melão, já conhecidos pela comunidade gamer. Toda a estrutura necessária e suporte para os times e para a comunidade foram oferecidos pela Seleção Brasileira de Games, visando cada vez mais o profissionalismo para o e-sport brasileiro.

Sobre a Agência X5:
União de quatro projetos bem sucedidos em esporte eletrônico (Arena X5, Seleção Brasileira de Games, Legends Union e BGL). Os trabalhos da agência são assinados por quem nasceu apaixonado por games, especialmente em colocar produtos e marcas na vida de milhares de jovens e adultos, que são muito mais do que simples consumidores, são parte de cada desafio e vitória alcançados todos os dias.

Sobre a Seleção Brasileira de Games:
Tem como objetivo colocar o Brasil na elite do game competitivo e viabilizar a participação dos jogadores profissionais nos principais campeonatos nacionais e internacionais, sempre com a ajuda de patrocinadores.

Sobre a Brasil Gaming League
Lançada em 2012, a Brasil Gaming League atingiu a marca de 925 mil espectadores únicos em sua primeira edição. Os melhores jogadores e times do Brasil e da América Latina disputam premiações em dinheiro, sempre com os jogos narrados e transmitidos via streaming.

Sobre a NVIDIA

A NVIDIA (NASDAQ: NVDA) despertou o mundo para o poder da computação visual quando, em 1999, criou uma unidade dedicada exclusivamente ao processamento gráfico, a GPU. Atualmente, seus processadores estão embarcados em uma grande variedade de produtos, desde smartphones até supercomputadores. Os processadores móveis da NVIDIA são utilizados em celulares, tablets e sistemas de infoentretenimento em automóveis.

Os PC gamers confiam nas GPUs para alcançar uma experiência imersiva nos jogos de última geração. E os profissionais as utilizam para criar gráficos 3D e efeitos visuais em filmes e para projetar qualquer coisa, desde clubes de golfe até grandes aviões. E pesquisadores utilizam as GPUs para transpor as fronteiras da ciência por meio da computação de alta performance. Fundada em 1993 e com sede na Califórnia, a NVIDIA detém mais de 5 mil patentes. Com receita de US$ 4 bilhões no ano fiscal 2011/12, a companhia conta com 6.800 profissionais e mantém operações em mais de 20 países, incluindo o Brasil. Mais informações: www.nvidia.com.br e nas mídias sociais (NVIDIA Brasil no Facebook e @nvidiabrasil no Twitter).

98 incríveis sketches dos filmes de Hayao Miyazaki

Este post é uma dose imensa de inspiração para quem curte animação ou gosta de espiar sketchbooks alheios para acompanhar o processo de criação. Trago aqui 98 sketches de um dos maiores nomes da animação mundial, o talentoso Hayao Miyazaki. Um dos fundadores do renomado Studio GhibliMiyazaki é responsável por longas de sucesso, como Meu Vizinho Totoro, O Castelo Animado A Viagem de Chihiro, sendo o último premiado com a estatueta de Melhor Animação no Oscar 2003. Aliás, muitas das animações foram produzidas em parceria com o poderoso Estúdio Disney.
Mas, além de ser um excelente animador, Miyazaki é também um exímio ilustrador. Seus sketches são repletos de detalhes e cores vívidas, e somente eles já são verdadeiras obras de arte. Quem aí não adoraria ter uma destas ilustrações emolduradas na parede da sala?

Meu Vizinho Totoro

totoro1

totoro2

As Aventuras de Panda e Seus Amigos

panda

Princesa Mononoke

Princesa Mononoke1
Princesa Mononoke2

A Viagem de Chihiro

A viagem de chihiro1 A viagem de chihiro2

Storyboard – Princesa Mononoke

storyboardstoryboard2storyboard3storyboard4storyboard5storyboard6storyboard7storyboard9storyboard10storyboard11storyboard12storyboard13storyboard14storyboard15storyboard16

Como proteger suas mídias sociais contra hackers



Na semana passada, uma grande empresa foi alvo de um hacker – ou hackers – e virou chacota nas mídias sociaisa conta da rede Burger King no Twitter foi invadida e passou a divulgar conteúdo a favor de sua concorrente no mercado de fast food, o McDonald’s.
Isso levantou, mais uma vez, a questão de como proteger sua marca de ações como essas no universo online. Há muito, empresas se preocupam em garantir a segurança das suas informações e de seus sites. Com o crescente poder das mídias sociais, agora elas se voltam para a proteção de suas contas nessas plataformas, afinal, elas são mais suscetíveis à viralização online. Uma derrapada e todo mundo já está sabendo e comentando.
E engana-se quem pensa que pequenas empresas estão livres de ser alvos desses invasores digitais. “A grande motivação dos hackers é o desafio de encontrar um problema de segurança”, afirma Marcelo Brogliato, diretor-executivo da Vialink, empresa especializada em infraestrutura, sistemas e governança em tecnologia da informação. O que não significa dizer que todo o hacker é mal-intencionado. “Os ‘hackers bons’ não têm a intenção de prejudicar ninguém e informam as empresas sobre seus problemas de segurança.” Já os hackers do lado negro da força, normalmente chamados de “crackers”, aproveitam essas falhas de segurança para roubar informações e fazer vandalismo no site ou na rede social.
Obviamente, as marcas não podem fazer muita coisa se a falha de segurança vem da própria mídia social, mas, em geral, elas são rigorosas com esse assunto, já que qualquer problema significa uma enxurrada de possíveis ações legais.
Agora, da parte da empresa, é possível tomar alguns passos práticos:
- Tenha uma senha forte! A maioria dos sites já avisa a força de sua senha assim que você começa a digitá-la, mas é sempre bom lembrar. “Quanto mais as senhas forem compostas por caracteres especiais, como pontuações, @#$%*, letras maiúsculas, melhor para a segurança”, diz Felipe Moraes, coordenador da pós-graduação em marketing digital da faculdade Impacta Tecnologia. Nunca utilize datas comemorativas, nomes de sócios ou parentes, ou informações que podem ser deduzidas ou adquiridas com facilidade;
- Sempre fique de olho contra malwares nos dispositivos que você utiliza para acessar essas mídias, para evitar que suas atividades sejam monitoradas. “Sempre que possível, prefira um acesso via página web segura (https), para evitar que os dados em trânsito sejam interceptados por alguém”, afirma Brogliato;
- Como todo perfil dessas mídias é associado a um e-mail, cuide da segurança dele também. Basta alguém invadi-lo para estar um passo mais próximo de descobrir sua senha, já que todos os sites enviam a senha de recuperação para esse endereço;
- Restrinja o acesso às contas do seu e-mail e das redes sociais apenas às pessoas que têm algum papel nelas;
- Outra opção é recorrer a um local criptografado para guardar todas essas informações e senhas. “No Mac OS X, por exemplo, existe o Keychain Access, em que é possível guardar qualquer informação criptografada de forma segura” diz Brogliato;
- Sempre troque suas senhas periodicamente!
O que fazer quando eles invadem?
Se uma de suas mídias for invadida, está na hora de tomar ação para que os danos sejam minimizados:
1º – Recupere sua senha! Se seu e-mail foi invadido, entre em contato com a própria rede e solicite isso, comprovando que você é mesmo o administrador real da conta;
2º – Esse processo pode demorar um pouco. No meio tempo, deixe claro em outros meios disponíveis que houve a invasão e que vocês estão tomando providências. “A empresa deve também pedir desculpas ao seu público pelas mensagens eventualmente postadas pelos invasores, e pedir que eles ignorem aquela rede social até a recuperação do serviço”, diz Brogliato;
3º – Esse mesmo contato com usuários e clientes deve ser feito assim que a conta for recuperada. “Gestão de crise em redes sociais tem uma regra de ouro: sinceridade”, afirma Felipe Moraes, da Impacta. “Seja sincero, assuma o erro e resolva. Depois responda e converse com todos que tiverem dúvidas ou comentários.”

FONTE: SÓ NA SOCIAL - PEGN

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

O passo a passo para validar sua ideia

O que você deve fazer depois de ter a ideia de uma startup
Por Daniela Moreira do PEGN
 Shutterstock
Você teve uma ideia genial e acredita que está próximo de fundar a melhor startup dos últimos tempos. Só que não sabe por onde começar. Pois é, tem muita gente que acaba não tirando a ideia do papel porque se perde justamente nesse início do processo. Antes de fundar uma empresa, desenvolver o produto ou sair espalhando por aí que descobriu uma fórmula mágica, é preciso validar a sua ideia. Será que ela é viável? Funciona? 

As respostas não são fáceis e pode ser que elas não sejam as esperadas e talvez nem as corretas. De qualquer forma, é crucial que sua startup não pule esse estágio. 

Thiago Paiva, autor do blog Startup Biz Model, espaço voltado a discutir modelos de negócio inovadores, explica o passo a passo para você validar sua ideia, seguindo as metodologias do Customer Development (Steve Blank) e do Lean Startup (Eric Ries), duas obras de referência para quem quer criar uma startup: 

Passo 1 - Teve uma ideia? Então saia do escritório (“get out of the building”) para conversar com os seus clientes e descobrir se a ideia faz sentido. 

Passo 2 - Pense numa forma de transformar essa ideia em dinheiro, ou seja, defina qual é o modelo de negócios – uma ferramenta útil para isso é o Business Model Canvas. 

Passo 3 - Defina formas de validar as partes mais arriscadas do modelo de negócio e faça validações construindo MVPs (Minimun Viable Product) – protótipos funcionais que permitirão que os clientes interajam com os recursos propostos. 

Passo 4 - Depois de validar as partes mais arriscadas do modelo de seu negócio, será possível começar a pensar no produto de fato. 

Passo 5 – Com a ideia, o modelo e o produto validado, é hora de escalar! Ou seja, aumente a equipe e acelere a aquisição de clientes.

27 DE FEVEREIRO – DIA DO AGENTE FISCAL DA RECEITA FEDERAL

Agente Fiscal da Receita Federal tem a função de controlar diversas medidas, produtos, conformidades e serviços. Resumindo, o profissional deve defender a sociedade de produtos que estão em desacordo com a legislação.
Geralmente, trabalham em órgãos de fiscalização metro lógica, como os institutos de pesos e medida.
Para exercer tal função, é necessário curso técnico em metrologia (nível médio), curso técnico na área têxtil ou outra área de fiscalização, seguido de especialização de duzentas a quatrocentas horas-aula. Depois disso, o agente fiscal está apto para desempenhar sua função através da realização de testes, análises e calibrações.
Sabemos como é difícil exercer essa profissão que nem sempre é valorizada e reconhecida pelo significativo papel que desempenha no combate à sonegação, oferecendo as condições necessárias para que o governo possa prestar um serviço de qualidade por intermédio dos investimentos públicos almejados pela sociedade. Fiscal da Receita Federal, ou fiscal tributário.
Vigorando no Brasil o princípio constitucional da legalidade (art. 5º, inciso II), segue-se que esse “time” composto por Auditores Fiscais do Tesouro Nacional no âmbito federal ou por Agentes Fiscais de Rendas, Auditores Tributários, fiscais de Contribuições Previdenciárias, Inspetores Fiscais, dos Estados, Distrito Federal, INSS, Municípios, deve possuir individualmente a habilitação técnico-legal para o exercício de suas funções ou tarefas permanentes, todas dependentes de Auditoria Contábil ou Perícia Contábil.
Tais tarefas profissionais só podem ser executadas legal e validamente pelos Contadores legalmente habilitados nos Conselhos Regionais de Contabilidade – CRC do Estado, na forma da legislação federal nº 9.295/46, arts. 25 alínea “c” e 26, Lei federal nº 6.385/76, art. 26 e , Lei federal nº 6.404/76, art. 163, 5º, STF, RTJ 75/524-529 RTJ 105/1.118).
O agente da Fiscalização inabilitado no CRC na categoria de Contador não poderá lavrar autos de infração, notificações fiscais ou de lançamentos de tributos ou contribuições, que tiverem por base, trabalhos de Auditoria Contábil ou Perícia Contábil.
FONTE: PROMOVIEW

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

CONCEITO DESIGN - EMBALAGENS CURIOSAS - 1a. PARTE

Mais uma vez trazemos a vocês uma bela coleção de embalagens-conceito curiosas de diversas marcas famosas. Confira:

Novo conceito de embalagem para Tang

A agência Streng Design, de Chicago, desenhou esta embalagem-conceito para o suco em pó Tang. 




A ideia é acondicionar o pó em canudinhos com doses individuais e em potes plástico, com maior quantidade e que podem ser reutilizados.


 

Nesse caso, uma colher dosadora acompanha a embalagem.

Para o desenvolvimento do projeto, foram feitos estudos dos elementos visuais relacionados à marca e aos consumidores, o que resultou em uma nova experiência de marca.

Designer cria garrafa futurista para Coca-Cola


 A garrafa de Coca-Cola ganhou formas futuristas pelas mãos do designer francês Jerome Olivet.



Batizada de “Mystic”, a embalagem apresenta, segundo Olivet, “linhas sexy” e mantém a famosa silhueta “contour” da garrafa, porém com traços mais esculpidos.

De acordo com o designer, o projeto é um exercício para expressar a felicidade em três dimensões, dentro do conceito “Abra a Felicidade” da marca. A garrafa é apenas um conceito, e não será produzida.

Está seria a embalagem ideal para os brasileiros, pois faria jus as chamadas "Loiras Geladas".

A agência de design russa Ramm ND apelou ao erotismo ao criar o design desta lata de cerveja. Olhando o desenho de perto, vê-se que se trata de uma cidade ao fundo, com pessoas andando num primeiro plano. Mas, de longe, percebemos a imagem de um espartilho. O resultado é ainda mais interessante quando colocamos duas latas lado a lado.


Latas para comemorar o dia das bruxas

Desenvolvidas pela agência americana Superbig Creative, as latinhas do refrigerante Jones Soda comemoraram há cerca de um ano o dia das bruxas (ou Halloween) de forma assustadora. Uma edição especial limitada foi estampada com alguns dos personagens típicos do dia das bruxas: Vampiro, Lobisomem, Múmia e Frankenstein.
As latinhas têm 236ml e os sabores disponíves são Buried Pomegranate, Candy Corn, Lemon Drop Dead e Spooookiwi.

E por hoje é só pessoal. Breve postaremos mais sobre este tema. Até a próxima.

Cientista pode desvendar o mistério genético por trás do número de QI


Pesquisador chinês pretende descobrir quais são as diferenças genéticas entre os gênios e os demais humanos.

De acordo com o The Wall Street Journal, Zhao Bowen, um jovem geneticista chinês, deve revelar em breve o que diferencia os gênios das demais pessoas geneticamente. Segundo a publicação, Bowen realizou um estudo para identificar quais caraterísticas genéticas podem levar um indivíduo a ter um número de QI mais alto do que a média.
O cientista — um verdadeiro prodígio de apenas 20 anos de idade — lidera um importante laboratório na China, e, para desenvolver o estudo, ele e sua equipe avaliaram 2.200 amostras de DNA, sendo a maioria delas proveniente de voluntários norte-americanos com QI extremamente alto, medido em 160 pontos ou mais.

A genética dos gênios

Para que você tenha uma ideia, o QI médio da população geral é de cerca de 100 pontos, enquanto o dos vencedores dos prêmios Nobel foi calculado em 145. O material genético dos gênios foi comparado ao DNA coletado de pessoas comuns, com o objetivo de que o pesquisador consiga identificar quais combinações podem ser as responsáveis pela diferença intelectual entre os dois grupos.
Os resultados só devem ser publicados dentro de três meses, mas a pesquisa de Bowen já está dando o que falar. Alguns críticos acreditam que o estudo é bem controverso, pois estaria promovendo o que eles chamam de “racismo científico”. Contudo, de acordo com o pesquisador, a genética por trás da genialidade já foi ignorada por tempo demais e, apesar de ser considerado um tema controverso no Ocidente, esse não é o caso na China.

Inspiração: Identidade Visual de Moda

Moda e Design são áreas que se dão muito bem e têm muito a ver uma com a outra. O apreço pelo conceito, forma e ergonomia é cultivado por ambas, assim como a habilidade de seus profissionais em instigar a percepção humana. Deve ser por isso que os produtos de design criados para marcas de moda podem ser tão interessantes, ainda mais quando se tratam de marcas não tão comerciais. Separei três projetos de extremo bom gosto e delicadeza, que comprovam como moda e design combinam.

Les Orenetes
Les Orenetes é uma loja de moda localizada em uma pequena cidade catalã chamada Torredembarra. A identidade visual da marca foi criada pelo estúdio Mucho. O que me chamou a atenção neste projeto foi a delicadeza dos elementos usados. Várias intensidades de luz, o contraste entre o geométrico e o orgânico, e ilustrações no estilo aquarela se misturam de maneira poética e criativa. O monograma se destaca pelo apelo caligráfico em contraste com a tipografia geométrica do resto do logo.

Mi&Mall
Mi&Mall é uma loja on-line que apoia e reúne designers de moda com negócios de pequeno e médio porte. O público-alvo são pessoas interessadas em moda, tendências e coleções exclusivas. A identidade visual, criada pelo estúdio Atipo, é minimalista e simples, mas não por isso sem graça.
O logo, que consiste no nome da marca escrito em caixa alta e com tipografia sans-serif, poderia ser enfadonho não fosse o interessante desenho utilizado no ampersand. A programação visual também chama a atenção graças aos materiais texturizados utilizados e à paleta cromática em cores pastel, porém quentes.

Karina Lax
Karina Lax é uma fotógrafa de moda. A sua identidade visual foi criada por um estúdio de Manchester chamado Teacake. Outro programa marcado pela simplicidade e elegância, começando pelo monograma formado com as iniciais da profissional. Nas aplicações, o sofisticado logo casa-se perfeitamente com uma paleta cromática de cores vivas em contraste com tons de cinza, resultando em um material muito profissional.