Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral. Google+

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

O que é boca de urna?





O termo boca de urna está ligado à qualquer tipo de propaganda eleitoral que possa influenciar o voto de outros eleitores no dia da eleição. A prática da boca de urna inclui a propaganda com o uso de alto falantes e amplificadores de som, a distribuição de santinhos ou outros impressos, a realização de comícios ou carreatas, além de qualquer ação que possa exercer alguma influência no voto do eleitor.

Ainda é possível encontrar a expressão boca de urna relacionada com a divulgação de pesquisas eleitorais no dia da eleição. A publicação de pesquisas eleitorais só é permitida no dia da eleição quando o levantamento for realizado até o dia anterior.

A realização de boca de urna e qualquer outro tipo de propaganda eleitoral no dia da eleição é considerado crime eleitoral, e pode ser punido com detenção de 6 meses a um ano, podendo prestar serviço comunitário no mesmo período, e o pagamento de multa que pode ir de R$ 5.320,50 a R$ 15.961,50, com valores sujeitos à atualização.


28 de Setembro - Dia da Lei do Ventre Livre



A Lei do Ventre Livre foi criada por Visconde do Rio Branco, do Partido Conservador, em 1871. A lei determinava que todos os filhos de escravos que nascessem a partir daquela data, seriam livres.

Segundo a lei, os filhos dos escravos ficariam com os senhores das suas mães até que atingissem a maioridade, que na época era aos 21 anos, ou então eles poderiam ser entregues ao governo. 

A partir disso, o índice de mortalidade infantil aumentou entre os escravos, pois o descaso aumentou em relação aos recém-nascidos, sem contar as péssimas condições de vida. 

O Dia da Lei do Ventre Livre é celebrado em 28 de setembro em todo o Brasil.


terça-feira, 27 de setembro de 2016

27 de Setembro - Dia de São Cosme e São Damião

O Dia de São Cosme e Damião é comemorado em 27 de setembro pelos seguidores do candomblé, xangô, xambá, umbanda e batuque, no dia 26 de setembro é celebrado pelos católicos.

Nesta data, em praticamente todo o país, existe o hábito de dar doces e brinquedos para as crianças, que vão para as ruas para receberem essas recompensas.

No Brasil, Cosme e Damião são conhecidos como os santos padroeiros dos médicos e dos farmacêuticos.

Com o sincretismo religioso, os negros africanos na época de Escravatura cultuavam a imagem de São Cosme e Damião como se fossem a igualdade dos chamados orixás Ibejis, representado pela imagem de irmãos gêmeos.

O dia de São Cosme e Damião ainda é celebrado em 1º de novembro pela Igreja Ortodoxa.

História de São Cosme e São Damião

Cosme e Damião eram dois irmãos árabes, provavelmente gêmeos, que residiam na região da Ásia Menor. Eles eram médicos cristãos, sendo que demonstravam grande compaixão pelos doentes, curando-os sem cobrar dinheiro.

Eles ficaram conhecidos como inimigos do dinheiro e posteriormente foram acusados de serem inimigos dos deuses romanos. Por esse motivo, os jovens foram condenados à morte por ordem do Imperador Romano Diocleciano, por volta do século IV d.C.

Oração para São Cosme e São Damião

“São Cosme e Damião, que por amor a Deus e ao próximo vos dedicastes à cura do corpo e da alma de vossos semelhantes, abençoai os médicos e farmacêuticos, medicai o meu corpo na doença e fortalecei a minha alma contra a superstição e todas as práticas do mal.

Que vossa inocência e simplicidade acompanhem e protejam todas as nossas crianças. Que a alegria da consciência tranquila, que sempre vos acompanhou, repouse também em meu coração. Que a vossa proteção conserve meu coração simples e sincero, para que sirvam também para mim as palavras de Jesus: 'Deixai vir a mim os pequeninos, porque deles é o Reino do Céu'. São Cosme e Damião, rogai por nós. Amém”.

Fonte: www.jangadabrasil.com.br

27 de Setembro - Dia Mundial do Turismo

Embora não haja uma definição única do que seja Turismo, as recomendações da Organização Mundial de Turismo/Nações Unidas sobre Estatísticas de Turismo, o definem como "as atividades que as pessoas realizam durante suas viagens e permanência em lugares distintos dos que vivem, por um período de tempo inferior a um ano consecutivo, com fins de lazer, negócios e outros."
Turista é um visitante que desloca-se voluntariamente por período de tempo igual ou superior a vinte e quatro horas para local diferente da sua residência e do seu trabalho sem, este ter por motivação, a obtenção de lucro. O Turismo propriamente dito nasce no Século XIX como deslocamento cuja finalidade principal é o ócio, descanso, cultura, saúde, negócios ou relações familiares. Estes deslocamentos se distinguem por sua finalidade dos outros tipos de viagens motivados por guerras, movimentos migratórios, conquista, comércio, etc. Não obstante o turismo tem antecedentes históricos claros.
Ecoturismo
Segundo a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), o Ecoturismo é um segmento da atividade turística que utiliza de forma sustentável o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem estar das populações envolvidas.
Para o Instituto de Ecoturismo do Brasil, ecoturismo “é a prática de turismo de lazer, esportivo ou educacional, em áreas naturais, que se utiliza de forma sustentável dos patrimônios natural e cultural, incentiva a sua conservação, promove a formação de consciência ambientalista e garante o bem estar das populações envolvidas. Das diferenças existentes entre o turismo comum (clássico) e o ecoturismo (turismo ecológico) ressalta-se que enquanto no turismo clássico as pessoas apenas contemplam estatisticamente o que elas conseguem ver sem muita participação ativa, no ecoturismo existe movimento, ação e as pessoas, na busca de experiências únicas e exclusivas, caminham, carregam mochilas, suam, tomam chuva e sol, tendo um contato muito mais próximo com a natureza.
O ecoturismo ainda se diferencia por passar informações e curiosidades relacionados com a natureza, os costumes e a história local o que acaba possibilitando uma integração mais educativa e envolvente com a região. Considerando que o Ecoturismo é uma tendência em termos de turismo mundial que aponta para o uso sustentável de atrativos no meio ambiente e nas manifestações culturais, devemos ter em conta que somente teremos condições de sustentabilidade caso haja harmonia e equilíbrio no "diálogo" entre os seguintes fatores: resultado econômico, mínimos impactos ambientais e culturais, satisfação do ecoturista (visitante, cliente, usuário) e da comunidade (visitada).
O ecoturismo é uma atividade sustentável e, por se preocupar com a preservação do patrimônio natural e cultural, diferencia-se do turismo predatório. É uma tendência mundial em crescimento e responde a várias demandas: desde a prática do esporte radical ao estudo científico dos ecossistemas. O nome “ecoturismo” é novíssimo, surgiu oficialmente em 1985, mas somente em 1987 foi criada a Comissão Técnica Nacional constituída pelo Ibama e a Embratur, ordenando as atividades neste campo.
O Backpacker
Ser um viajante, bem mais do que um turista, é quase uma filosofia de vida. A filosofia backpacker. Sair pelo mundo com uma mochila, experimentar, desbravar, descobrir. Australianos, norte-americanos e europeus já encaram isso como uma tradição, um ritual de passagem (alguma passagem, nem que seja a passagem aérea...). A cultura backpacker é uma tradução literal seria "cultura mochileira".
E é ótimo ser mochileiro! Mas esta idéia pode levar a interpretações facciosas. A ideologia não é somente colocar uma mochila nas costas e sair por aí. Também não significa que deva se viajar obrigatoriamente de mochila. Certamente não é a concepção da bagagem o xis da questão.
A cultura backpacker e a filosofia viajante acreditam na responsabilidade de um cidadão do planeta - ecológica, pacifista, convicta nos direitos humanos - sem obrigação, no entanto, de levantar bandeiras. O importante é a consciência. Talvez utopicamente possamos acreditar em um mundo com menos violência, menos dependentes químicos, menos traficantes, menos racismo, menos preconceito, e em troca uma sociedade bem mais humana, com pessoas mais experientes, produtivas, com visão de mundo, somando para um país e um planeta melhor, e definitivamente, com cabeças mais saudáveis. O bom viajante encara sua viagem como uma grande oportunidade de descobertas, aprendizado e autoconhecimento. Tudo isso, é claro, temperado com bastante diversão, aventura, emoção e calor humano.
Fonte: www.portalgeobrasil.org

27 de Setembro - Dia do Cantor

É irresistível cantar no banheiro, e quase todos nós sabemos disso. Daí a ter dotes naturais de cantor ou profissionalizar-se, é uma outra história. Como qualquer outra profissão, a de cantor não foge ao trinômio "esforço, dedicação e perseverança", que rege o caminho do sucesso. Ser cantor não é simplesmente saber cantar; é sentir a música, sofrer e se alegrar com ela. O cantor precisa, acima de tudo, entender o propósito do compositor no momento em que a música foi escrita, e passar para o público esse sentimento.
O verdadeiro cantor precisa manter suas características individuais mesmo quando interpreta a música de outro artista. Precisa ter empatia com o público e ter consciência de que sua função é passar uma mensagem, fazendo uso da beleza melodiosa de sua voz.
O que é levar a sério a profissão de cantor/ cantora?

1º - Seja pontual.

Sim, uma das coisas que um respeitado profissional faz é aparecer na hora marcada para entrevistas, ensaios, gravações, performances e, claro, aulas de canto!

Se um cantor/ cantora não consegue ser pontual nas suas aulas de canto, como espera ser pontual na sua vida profissional?

2º - Faça sua "lição de casa".

A prática é uma das coisas mais importantes, senão a mais importante de sua carreira profissional.

Levar a sério suas horas diárias de prática vocal só irá trazer benefícios para você como profissional, pois por maior que seja o dom natural que você tenha, ele é um diamante bruto que precisa ser lapidado.
Saber disso e continuar praticando para seu aprimoramento é o que vai diferenciá-lo de um amador!

3º - Sempre faça o melhor que puder e tenha mais a oferecer do que as pessoas esperam de você.

E, sempre que puder, faça mais do que é solicitado, dê mais de si! Isso irá diferenciá-lo, torná-lo mais que um profissional, um profissional brilhante!
Nunca faça nada mais ou menos ou de má vontade. Se você achar que precisa de ajuda não se sinta envergonhado de solicitá-la.

4º - Tenha uma atitude profissional.

Em relação ao seu trabalho, às pessoas com quem você trabalha e com você mesmo.
Muitas vezes ouvimos falar de artistas que vendem muitos discos e fazem muitos shows, mas que são extremamente temperamentais, ou estão sempre atrasados, ou são irresponsáveis em seus contratos de trabalho.
Mesmo com toda a fama e dinheiro desses artistas eles acabam por criar uma má reputação que atingirá mais dia ou menos dia suas vidas profissionais.
Fonte: UFGNet

27 de Setembro - Dia do Ancião (Idoso)

Refletir sobre o idoso é pensar o preconceito em relação às pessoas da terceira idade. Analisarmos o sentimento que alimentamos pelos mais velhos, de forma determinada e corajosa, sem tapar o sol com a peneira.
Trata-se de tarefa importante. Existe um adesivo de carro que, quem ainda não viu, deveria ter visto. Ele tem uma frase forte, irônica, e de uma inteligência a toda prova. Diz o seguinte: "Velho é o seu preconceito". E não é verdade? Existe coisa mais fora de propósito, mais cheirando a mofo do que isso?
Devíamos, isso sim, tentar pegar dos mais velhos a experiência e sabedoria de vida que anos de luta e observação os ajudaram a ter. Que tal nos deixarmos contagiar por essa bagagem de conhecimento, para virmos a ser, quem sabe, jovens e adultos mais interessantes e respeitáveis? Respeitar e ouvir o idoso é respeitar a nós mesmos.